Sorriso FM 99,1

Vice-presidente, general Hamilton Mourão concede entrevista exclusiva para Sorriso FM - CONFIRA O ÁUDIO

Coluna

​Vice-presidente, general Hamilton Mourão concede entrevista exclusiva para Sorriso FM - CONFIRA O ÁUDIO

Tâmara Figueiredo

O Vice-presidente da República, general Hamilton Mourão concedeu uma entrevista exclusiva, ao vivo por telefone, diretamente de Brasília ao Programa A Voz do Povo desta quinta-feira, 14/02.

Ele falou sobre sua visita ao município de Sorriso onde participará de um evento simbólico, promovido por uma empresa de sementes, marcando o encerramento da colheita de soja e lançando o início do plantio do milho safrinha.

Mourão respondeu aos questionamentos dos âncoras do programa A Voz do Povo, Ivan Oliveira e Tâmara Figueiredo, sobre o agronegócio e a taxação que vem sofrendo; sobre a BR 163 e os problemas para a escoação da produção; sobre a Ferrogrão - ferrovia que vai ligar o município aos portos de Miritituba no Pará; respondeu também sobre a necessidade de se fazer uma reforma tributária e previdenciária e as medidas que deverão ser tomadas pelo Governo Federal para o combate ao narcotráfico e as 'narcoquadrilhas'.

De forma muito cordial, Mourão não se furtou a responder nenhum dos questionamentos, mesmo quanto às críticas que vem recebendo sobre sua atuação e momentos de substituição ao presidente Jair Bolsonaro, que precisou se ausentar por questões de saúde, e que afirmou que Mourão não teria muito tato para a política e ao fazer declarações à imprensa. “Quando a gente se torna um homem público, a gente não pode esperar unanimidade quanto aos nossos atos e às nossas palavras. Até gosto de citar Nelson Rodrigues que dizia que ’toda unanimidade é burra’, então a gente tem que saber conviver com a crítica. Minha relação com o presidente é de harmonia, de amizade, de dois companheiros que se conhecem desde os bancos escolares da Academia Militar das Agulhas Negras, então vejo isso de uma forma muito natural”.

Tâmara Figueiredo


Veja também


Enquete
Qual sua opinião sobre a conduta do atual ministro Sergio Moro, quando juiz que conduziu a operação Lava Jato, após vazamentos de supostas conversas entre Moro e a acusação?
  • Parcial