Detran aumenta em 1.658% o número de veículos leiloados e recicla mais de 11 mil

Secom MT em 28/11/2019 às 15:45. Lida 375 vezes.

Com foco na limpeza dos pátios e na preservação da saúde pública e do meio ambiente, o Governo do Estado, através do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), aumentou em 1.658% o número de veículos leiloados em 2019 em relação ao ano de 2018. Foram seis leilões e 4.694 veículos leiloados, superando o ano passado, quando foram leiloados 283 veículos e realizado apenas um leilão.

Os seis leilões aconteceram de janeiro a novembro deste ano limpando os pátios de 45 municípios, com a arrecadação líquida para o Estado de R$ 8,6 milhões. Entre os veículos arrematados estavam motocicletas, automóveis, caminhonetes e ciclomotores.

O leilão é a regra para a venda de automóveis com direito a documentação, referentes aos veículos retidos em ações de fiscalização e abandonados pelos proprietários nos pátios da autarquia em todo Estado, por mais de 60 dias, conforme Resolução nº 623/2016 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e Lei nº 13.160, de 25 de agosto de 2015.

Paralelo ao leilão, outra medida para a limpeza dos pátios da autarquia é a reciclagem dos veículos inservíveis, que não estão aptos a voltar a circular pelas vias públicas.

Em 2019 foram reciclados 11.267 veículos em 61 municípios de Mato Grosso. Em 2018 o Detran-MT reciclou em torno de 10 mil veículos.

“Este ano mantivemos a média de veículos reciclados, como um serviço continuado da autarquia com vistas a permanência da limpeza dos pátios”, disse o diretor de Veículos do Detran-MT, Augusto Cordeiro.

Somente na sede do Detran-MT, em Cuiabá, foram reciclados e leiloados 100% dos veículos, totalizando 1.236 automóveis e motocicletas que, durante anos, se acumularam nos pátios da autarquia.

Com a limpeza do primeiro pátio, que fica próximo ao bloco das diretorias de Veículos e Habilitação, já estão disponíveis 51 vagas a mais de estacionamento, aumentando de 260 para 311 a quantidade de vagas na sede do Detran.

“Com essas ações, além de limparmos os pátios, colaboramos para a preservação do meio ambiente e da saúde pública, eliminando prováveis criadouros de insetos”, destacou o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos.

Reciclagem

A reciclagem é realizada quando o veículo permanece por mais de um ano nos pátios do Detran, sem a solicitação de retirada pelo proprietário. “O Código de Trânsito Brasileiro autoriza os órgãos a fazerem a reciclagem, que é realizada por empresas especializadas”, explicou o diretor de Veículos, Augusto Cordeiro.

O processo de descontaminação e reciclagem dos veículos inicia com a retirada da bateria, óleo, combustível e pneus, dando a empresa responsável a devida destinação exigida para cada material. Após esse procedimento, é feita a compactação, pesagem e envio do material para reciclagem.

Enquete


Você é contra ou a favor da redução do valor dos salários de vereadores de Sorriso?
Parciais