Agora: Laço Do Peão

​Projeto de horta escolar une práticas do campo com o pedagógico

Secom MT em 14/11/2019 às 15:12. Lida 1100 vezes.

Projeto de horta escolar une práticas do campo com o pedagógico

Com o objetivo de fazer com que a escola seja autossuficiente na produção de vegetais, proporcionar aos alunos uma alimentação mais saudável e o ensinamento dos diferentes processos de cultivo, a Escola Estadual Tarley Rossi Vilela, localizada na zona rural do município de Novo Mundo (a 785 quilômetros de Cuiabá), desenvolve o projeto “Horta Escolar: Atrelando Práticas do Campo com o fazer Pedagógico”. O projeto envolveu todos os 140 alunos da escola, do 7º ao 9º do ensino fundamental e do 1º ao 3° ano do ensino médio.

Segundo o coordenador pedagógico da escola, Gustavo de Castro, o projeto Horta Escolar surgiu com o intuito de abordar conceitos que fortaleçam o Documento de Referência Curricular (DRC-MT), enfatizando a Educação do Campo, realidade pertencente à escola, de modo que o aluno desenvolva conceitos de aprendizagem, tanto na teoria quanto na prática.

“Após debates com a equipe, os professores direcionaram aos alunos a possibilidade de se criar uma horta na escola, delegando a eles a escolha dos caminhos a serem traçados. Assim, considerou-se o aluno como protagonista de sua aprendizagem, ponto crucial defendido pelo DRC de Mato Grosso, pertencente ao aparato das metodologias ativas”, explica o coordenador.

Sob a orientação dos professores, cada turma ficou responsável por um espaço na horta, onde foram cultivados determinados vegetais. Eles tiveram a tarefa de escolher a melhor forma de cultivo e ficaram responsáveis por zelar e acompanhar o desenvolvimento das hortaliças plantadas.

As duas turmas do 8º ano cultivaram melancias e alface. As frutas e hortaliças já foram colhidas e degustadas pelos alunos. O mesmo ocorreu com os alunos dos 7º anos que plantaram, colheram e consumiram na merenda escolar almeirão e pepinos. A turma do 9º ano está no processo de cultivo de rúculas, que estão quase prontas para o consumo.

Os alunos do ensino médio também participam do projeto. A turma do 1º ano cultivou duas espécies de vegetais, a abóbora e o quiabo. O 2º ano realizou o plantio de tomates. Já o 3º ano ficou responsável pelo subprojeto “Compostagem”, derivado do projeto Horta Escolar. Eles aproveitam o que é descartado para a produção de adubo, que será usado na horta.

“Dentro de suas limitações e possibilidades, os alunos da sala de recursos multifuncionais e do laboratório de aprendizagem também estão engajados no processo. Eles cultivam condimentos, como salsinha e cebolinha, e a mandioca”, destaca o coordenador.

Enquete


Você é contra ou a favor da redução do valor dos salários de vereadores de Sorriso?
Parciais