Agora: Conexão 99

​Dia D do Combate ao Empréstimo Abusivo tem como foco os idosos brasileiros

secom/MT em 01/10/2019 às 15:17. Lida 171 vezes.


Em 1º de outubro se comemora no Brasil o dia do Idoso e, neste ano, também lembra o Dia D do Combate ao Empréstimo Abusivo. Isso porque idosos e aposentados compõem o grupo de consumidores vulneráveis ao assédio de bancos e empresas de crédito que oferecem empréstimo fácil com contratos irregulares e abusivos.

Trata-se de uma ação orientativa nacional que, em Mato Grosso, conta com o Procon estadual e dos órgãos de defesa ao consumidor municipais - utilizando como marco o Dia do Idoso. O objetivo é alertar e conscientizar este público sobre os riscos de contratar empréstimos, bem como orientar esse grupo de consumidores a ficar atento aos contratos assinados, ofertas por telefone e como proceder em caso de irregularidades.

Pessoas acima de 60 anos já representam praticamente 24% do público atendido presencialmente pelo Procon-MT em 2019. Entre os problemas reclamados estão os empréstimos e o chamado “cartão de crédito consignado”, que é um cartão de crédito cujo valor mínimo da fatura é descontado diretamente do salário líquido ou benefício do INSS.

Sobre essa modalidade de crédito, o Procon-MT alerta idosos, aposentados e servidores públicos, que são os principais alvos do cartão de crédito consignado, a ficarem atentos aos seguintes itens antes de assinar a proposta:

- Indicação do número de parcelas a pagar;

- Data de início e de término das prestações;

- O custo efetivo com e sem a incidência de juros;

- Se os juros cobrados estão dentro do limite estipulado pelo INSS de 3% ao mês.

Enquete


Você é contra ou a favor do pagamento de salário para presos?
Parciais