Agora: Panorama Esportivo

Fifa decide que Cardiff City deve pagar 6 milhões de euros por jogador falecido

Fernando Luiz/ Esporte com GE net em 30/09/2019 às 17:32. Lida 251 vezes.

A Fifa anunciou nesta segunda-feira decisão que obriga o Cardiff City a pagar 6 milhões de euros (cerca de R$ 27 milhões) ao Nantes pela contratação do argentino Emiliano Sala, que morreu em acidente aéreo quando viajava da França ao País de Gales para se apresentar ao clube britânico. O time francês havia negociado o jogador por 15 milhões de libras, quase 17 milhões de euros na cotação atual (R$ 77 milhões).

A decisão foi tomada pelo Comitê do Estado dos Jogadores em reunião realizada no dia 25, quarta-feira da semana passada. Mas foi anunciada somente nesta segunda.

"O Comitê do Estado dos Jogadores da Fifa estabeleceu que o Cardiff City FC deve pagar ao FC Nantes a soma de 6 milhões de euros, o que corresponde à primeira parcela do acordo, segundo as regras de transferência", registrou a Fifa, em comunicado.

Os dois clubes já foram notificados, segundo a entidade. Mas ainda não se manifestaram sobre a decisão. Os times têm um prazo de dez dias para requisitarem cópia da decisão. Eles podem vir a apelar contra a decisão junto à Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês).

A Fifa entrou na intermediação da disputa entre os dois clubes em fevereiro, quando o Nantes fez reclamação formal contra o não pagamento da primeira parcela da transferência do jogador. O Cardiff se recusava a pagar o valor de 6 milhões de euros após o acidente aéreo que matou Sala.

Em agosto, a Fifa se manifestou publicamente cobrando uma conciliação entre os dois clubes, o que não aconteceu.Por isso, o caso foi direcionado ao Comitê do Estado dos Jogadores.

Enquete


Você é contra ou a favor de eleições para diretores e coordenadores de escolas públicas municipais?
Parciais