Agora: Conexão 99

​Ministro da Educação é recebido com vaias e protesto em aeroporto

Circuito MT em 05/09/2019 às 16:12. Lida 390 vezes.


O ministro da Educação, Abraham Weintraub, foi recebido com vaias e protesto, nesta quinta-feira (5), de estudantes, que cobram a liberação de verba para instituições de ensino superior. Com faixas, megafone e apitos, os manifestantes afirmam que o contingenciamento anunciado no início do ano faz parte de um “governo de milícia”. Eles também chamam a medida de caminho para privatização do ensino público.

“É ou não é piada de salão, tem dinheiro pra milícia, mas não tem pra educação”, cantarolavam. “Não, não, não à privatização”.

Weintraub chegou a Cuiabá no início desta tarde para participar de alguns eventos, dentre eles uma homenagem com concessão da medalha Homem do Mato. Ele chega horas depois do anúncio da reitoria de UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso) de um plano de redução atividades, a partir da próxima segunda-feira (9), para a readequação da instituição ao orçamento para o segundo semestre.

Dentre as medidas está a suspensão do atendimento do RU (Restaurante Universitário) durante o recesso, do transporte no campus do Ligeirão, atendimento de ordens de serviços de marcenaria, serralheria, cópias de chave, mudança de mobiliário, reformas, melhorias e adequações sicas, etc.

Conforme a reitora Myriam Serra, a série de medidas é para reduzir os gastos da instituição, sem interromper as atividades de pesquisa e extensão.

A homenagem ao ministro está inclusa na formatura de estudantes na Polícia Militar, em Cuiabá, no qual 546 militares serão promovidos. O evento tem início previsto para as 19h, no quartel do Comando Geral da PM.

Enquete


Você é contra ou a favor do pagamento de salário para presos?
Parciais