Sorriso FM 99,1

12/08/2019 06:36
Lida 896 vezes.

Heverton Luiz com Assessoria

Neste domingo dia (11.08) a 10ª CIBM Sorriso/MT recebeu via 193 às 12hs18min solicitação para intervir no incêndio em vegetação paralelo a BR 163 após base da Rota D’Oeste que em tese se iniciou no lado esquerdo da BR 163 sentido Sorriso – Lucas do Rio Verde e passou para o outro lado da rodovia.

Foi encaminhada de imediato uma viatura composta pelos Cb BM Jean e os Brigadistas Civis Everton e Neves, para combater o incêndio na vegetação predominantemente formada por palhada de milho. Ao chegar no local a guarnição se deparou com uma grande área queimada, com focos espalhados e sem controle nos dois lados da BR 163.O fogo que já havia passado para o lado direito da rodovia, evoluiu em duas frentes em regiões distintas nas proximidades da Algodoeira Celeste, assentamentos de famílias do Projeto Casulo, Fazenda Bordignon e Sítio Jatobá.

No primeiro combate a GU da ABT 383 com capacidade de 5.000 (cinco mil) litros de água teve o apoio de 03 (três) tratores com pá carregadeira,05 (cinco) caminhões pipa sendo 01 da algodoeira , 01 da prefeitura de Sorriso, 01 da Rota D’Oeste e 02 de fazendas vizinhas (Daroit e Bedin).

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou ao comandante que se encontrava no local que a estrutura física da algodoeira sofria risco de queimar. Imediatamente a GU se deslocou até o local informado. Ao chegar neste segundo ponto de combate se depararam com a equipe de brigadistas da algodoeira já atuando com os hidrantes da empresa que estavam operavam normalmente. A GU auxiliou na extinção de um fogo que se iniciara na cobertura da empresa, em seguida em um monte de restos de algodão e por fim realizaram o combate ao redor da empresa e na chácara ao fundo da algodoeira permanecendo em vigília até atendimento aos outros chamados.

Às 13hs19min novo chamado de incêndio em vegetação foi recebido para auxiliarmos no combate às chamas nas fazendas Mazardo e Sítio Jatobá na região da MT 242, sentido Sorriso – Ipiranga do Norte. De imediato foi enviado para auxiliarem na primeira resposta no localo Sgt BM Dantas e Sd BM Larsson que se deslocaram com a viatura administrativa UNO 357.

Às 13hs27min após avaliação “in loco” da grande magnitude que o incêndio que cruzou a BR 163 estava tomando, foi acionado pelo Oficial de Sobreaviso - Cap BM Moura - o plano de chamada da 10ª CIBM. Próximo das 14hs00min se apresentaram no quartel da 10ªCIBM 10 (dez) bombeiros militares para apoiar os 06 (seis) militares e (02) Brigadistas Civis que estavam de serviço neste domingo, totalizando uma equipe de 18 (dezoito) combatentes do fogo que atuaram nas ocorrências que se tornavam simultâneas conforme recebimento de novas chamadas via telefone de emergência.

Às 13hs55min houve reiteração do chamado anterior informado que uma das frentes do incêndio em vegetação nas proximidades da BR 163 se alastrava com mais rapidez na direção oeste rumo ao rio lira. Foi encaminhado via Caminhonete com a Guarnição composta pelos Sgt BM Justo, Sd BM Frais, Sd BM Viana e Sd BM Kátia. Estes chegaram no local e fizeram o revezamento da equipe assumindo a ABT 383.

Às 14hs53min recebemos um chamado de incêndio na edificação da empresa Longping High-Tech na Rodovia MT 242 Km 15 onde uma empresa de segurança privada nos informou que o sistema de alarme acusou incêndio dentro do escritório.

Às 15hs21min dentro da empresa foi controlado as chamas, porém estas passaram para a vegetação das proximidades.

Às 15hs56min foram enviados para atendimento e apoio aos incêndios em andamento na MT 242 a AR 343 composta pelo 2º Ten BM RR Magalhães, Cb BM Jean e Brigadistas Everton e Neves, os quais no caminho foram interceptados pelos funcionários do Rancho Fundo auxiliando-os no combate as chamas que tomaram o pasto e chegou próximo a sede do Haras porém foram extintas.

Às 16hs00min reiteração pela Rota D’Oeste informando que no KM 744 da BR 163 as chamas tinham voltado e estes fariam o combate utilizando o caminhão pipa da concessionária com capacidade de 3.000lts cujo ponto de abastecimento estava distante do local de combate.

As 17hs00min representante da Rota D’Oeste ligou informando que haviam conseguido controlar o incêndio nesta localidade.

Às 16hs40min a ABT 383 encerra as atividades de combate na Fazenda Mazardo e Sítio Jatobá devido ao incêndio ter sido controlado.

Às 17hs21min a equipe da ABT 383 se deslocou até a Fazenda Flamboyant na Rodovia MT 242 onde fizeram uma incursão na mata, reconheceu e eliminou os focos de fogo. Após o combate foi certificado que nas limitações de toda a mata virgem e das residências da fazenda estavam protegidas por meio de aceiro e uma linha úmida feitos por 02 (dois) caminhões pipa da algodoeira.

Às 17hs22min o Sgt BM Dantas e Sd BM Larsson componentes do UNO 357 permaneceram em ronda de observação no Km 15 da Rod. MT 242 até que o incêndio que atingiu e queimou o pasto se extinguisse.

Às 17hs40min foi realizado pelo Cap BM Moura vistoria aérea com utilização de Aeronave Remotamente Pilotada – RPA (drone) PP 0300000193 que certificou a extinção dos incêndios que assolaram as redondezas da cidade de Sorriso na tarde deste domingo.

Às 18hs10min foi ordenado o retorno da AR 343 e ABT 383 para a base. No trajeto de volta foi observado que o fogo na região estava controlado permanecendo em brasa e chamas apenas alguns troncos isolados e em mourões das cercas que limitam as propriedades rurais as quais poderão provocar fumaça ao longo da noite até a extinção total que provavelmente se dará na madrugada por conta da baixa temperatura e alta humidade.

Às 18hs30min foi realizado consulta no UPA para saber se nesta tarde havia registro de alguém que dera entrada para receber atendimento ou internado por motivos de inalação de fumaça ou sintomas que teriam ligação direta com o combate às chamas e nos foi informado que não houve.

Às 19hs00min todos os militares voluntários foram dispensados e liberados para retorno aos seus lares e os escalados para o serviço ordinário permaneceram na base em prontidão.

Veja também


Enquete
O que você pensa sobre o aumento de R$ 42 no salário mínimo previsto pelo Governo Federal para 2020?
  • Parcial