Sorriso FM 99,1

​Sorriso: Polícia Civil apreende armas e diz que homem que matou ex-esposa possivelmente iria cometer outros crimes antes de cometer suicídio

09/07/2019 17:09
Lida 2015 vezes.

Homem estava escondido a cerca de 100 metros do local do crime contra a ex-esposa e acabou cometendo suicídio.

Tâmara Figueiredo


O investigador da Polícia Judiciária Civil de Sorriso, Márcio Coutinho que participou do atendimento à ocorrência de buscas por Marcos Rogério Lima, de 33 anos, que estava foragido após ter matado a ex-esposa com tiro no rosto com uma espingarda calibre 20, relatou como foi que encontraram o mesmo em um casebre no distrito de Caravaggio, há cerca de 100 metros de onde ele cometeu o crime de feminicídio contra Débora de Oliveira Silva, 37 anos, que foi alvejada na frente do filho mais velho de 15 anos de idade. A polícia acredita que ele tenha voltado ao local, porque planejava matar outras pessoas da família, inclusive já havia dito que pretendia matar o filho mais velho de Débora. Ele relatou como foi o momento da abordagem e que a polícia já encontrou o homem após atirar contra si mesmo. “Ontem após o homicídio da dona Débora, nós nos deslocamos até o local, a casa dela estava fechada, não deu para constatarmos o local. Hoje pela manhã a gente tinha a intenção de ir lá, no momento em que eu recebi uma ligação de um parente da vítima falando que tinha visto ele (o ex-marido) lá na vila, que ele estaria em uma construção abandonada e que estava com a mesma roupa que estava ontem (dia do crime). De imediato, convocamos a equipe em uma viatura descaracterizada e fomos para o distrito de Caravaggio, chegando ao local, procuramos saber mais detalhes, mas não foi possível. Como havia uma única construção lá abandonada, fomos até o local, olhamos a construção em volta e não tinha nada. Ao lado da construção, em uma casa sem muros, tinha um casebre, tipo um depósito e, chegando perto, escutamos um tiro abafado, falho. A gente recuou, demos alguns tiros de contenção e começamos a gritar pelo nome dele, ‘Rogério, sai, Rogério você está cercado, se entrega!’ e não tivemos resposta nenhuma se ele estaria ali. A gente foi chegando mais perto e deduzimos que ele poderia ter se suicidado. E foi isso que aconteceu”.

Ele disse como Marcos foi encontrado após o disparo que foi debaixo do queixo, que possivelmente transfixou o cérebro. Os policiais chegaram a prestar socorro à vítima, que não resistiu ao chegar ao hospital “Quando a gente abriu a porta, ele estava em decúbito tipo agachado de joelhos. A arma estava debaixo do joelho dele e ele já se encontrava agonizando. De imediato nossa equipe já preocupada, como não somos médicos, não temos os primeiros socorros. Nós colocamos ele dentro da viatura e partimos para Nova Ubiratã. No caminho, observamos que ele ainda estava com fôlego, com sinais vitais, mas ao dar entrada no hospital, o médico declarou o óbito dele”.

Duas armas foram apreendidas: uma espingarda calibre 20, que foi utilizada para matar Débora e um revolver calibre 38.“Uma arma estava com ele, que foi a arma que ele cometeu o suicídio (rerólver). Havia uma cápsula deflagrada e outra picotada, além de munições que foram encontradas no bolso do mesmo. E a arma que ele utilizou para matar a esposa, ela estava escondida em terreno baldio do lado, juntamente com roupa dele e um travesseiro, como se estivesse esperando para fazer alguma coisa”.

Uma moradora do local onde ele estava escondido relatou que teria saído cedo para Sorriso, para levar o pai para receber benefício e não sabia que ele estaria escondido ali. A policia acredita que ele teria intenção de cometer outros crimes “Não teria motivos de ele ter cometido um crime bárbaro no dia anterior e estar ali no mesmo local onde matou a mulher. Deduzimos que ela estava ali para ceifar a vida de mais pessoas da família, uma vez que a família era muito desafeta dele. E ontem recebemos a informação de que ele queria matar o filho mais velho da dona Débora. A casa em que ele estava escondido hoje fica a uns cem metros de onde ele teria cometido o crime. O carro estava localizado a uns três quilômetros para cima do local onde o homem se matou”.

Postagens no Facebook já indicavam a intenção de Marcos Rogério Lima em cometer suicídio. “Marcos postou que a família iria ver o que ele iria fazer, indicando que tinha a intenção de tirar a própria vida, tudo que indicaria que cometeria suicídio”.

Com informações de Heverton Luiz.

Leia também: Homem acusado de matar ex-esposa com tiro de espingarda comete suicídio na hora que seria preso

Sorriso: mulher morre depois de alvejada por disparo de arma de fogo efetuado pelo marido


Veja também


Enquete
Qual sua opinião sobre os políticos brasileiros?
  • Parcial