Sorriso FM 99,1

10/06/2019 18:05
Lida 591 vezes.

Fernando Luiz com assessoria

O tráfego de veículos na BR-364, entre Várzea Grande e Rosário Oeste, conta com operação no sistema ‘Pare e Siga’ para serviços de recuperação e conservação da rodovia. As atividades são realizadas pela Concessionária Rota do Oeste, nos períodos diurno e noturno. Os pontos com as intervenções no fluxo de veículos podem ser acompanhados diariamente no site da empresa (www.rotadooeste.com.br), no campo de Alertas, e também pelo 0800 065 0163.

O reforço nas equipes de manutenção tem como objetivo recuperar trechos da BR-364 desgastados em decorrência do excesso de fluxo de veículos de carga na região. O desgaste é causado pelo escoamento da safra de soja, aliado ao período chuvoso que se prolongou este ano. De acordo com o diretor de Engenharia e Operações da Rota do Oeste, Thales Mariano, a intervenção neste momento contará com obras de fresagem para remoção do asfalto desgastado, recuperação das camadas inferiores do pavimento e reaplicação de massa asfáltica. A iniciativa prepara o pavimento para escoamento da produção de milho, que ocorrerá em breve.

“Era necessário reforçar o serviço já executado pelas equipes de recuperação no segmento para garantir mais conforto e segurança aos usuários. É importante lembrar que para a realização destas atividades, há a necessidade de intervenção no tráfego com ‘Pare e Siga’ no trecho”, explica.

A operação de tráfego em ‘Pare e Siga’ consiste na liberação do fluxo alternado de veículos a cada 15 minutos para um dos sentidos. “Sabemos que as intervenções causam um certo transtorno, mas é a maneira mais viável a curto prazo para garantir a manutenção e a estabilidade do pavimento. Pedimos que os usuários dirijam com cautela e sigam as orientações das equipes de sinalização nos locais das obras a fim de evitarmos acidentes”.

Orientações

- Diminua a velocidade ao identificar as placas de sinalização e o homem-bandeira na pista;

- Respeite as sinalizações de ‘Pare’ ou ´Siga’, de acordo com a situação, existentes no local de obras;

- Não tente furar o bloqueio, pois há equipamentos pesados na pista e colaboradores trabalhando na região;

- Lembre-se que a orientação de ‘Pare’ significa que há fluxo de veículos vindo no sentido contrário;

- Não trafegue na contramão em locais não indicados pelas equipes responsáveis pelas obras. Normalmente há veículos seguindo no sentido contrário.

Veja também


Enquete
Qual sua opinião sobre as mudanças do trânsito nas perimetrais em anexo à BR 163?
  • Parcial