Sorriso FM 99,1

09/06/2019 05:04
Lida 1017 vezes.

Heverton Luiz

Foi inaugurada em Sorriso na manhã deste sábado (08.06), com a presença de várias autoridades do estado de Mato Grosso, a Safras Biocombustíveis usina de etanol de milho. A empresa de propriedade de Dilceu Rossato e Pedro de Moraes Filho está localizada as margens da BR 163 próximo a entrada para a comunidade do Barreiro.

Segundo o Engenheiro de Produção Adriano Luiz Soriano, o milho tem capacidade de produzir aproximadamente 400 mil litros de etanol por tonelada. “A Safras começou a mais de 2 anos com uma produção de 5 mil litros por dia e hoje estamos com 25 mil litros, passando , com essa ampliação a produzir mais de 120 mil litros diários”.

Dilseu Rossato, um dos proprietários, falou que é um dia de muita alegria tanto para a família quanto para o município de Sorriso e agradeceu a presença de todos os convidados. “Nossa vocação é o agronegócio, não imaginávamos jamais construir uma indústria, e hoje nosso sonho sendo realizado, verticalizando a produção, transformando os produtos, isso gera emprego, é a primeira indústria de álcool puramente de milho no estado”.

Varias autoridades políticas do estado estiveram presentes como o ex-governador de Mato Grosso e ex-ministro da agricultura Blairo Maggi, o senador Wellington Fagundes e os Deputados Federais Nelson Barbudo, Neri Geller e José Medeiros.

Presente no evento de inauguração, o governador Mauro Mendes falou da importância dessa indústria para o estado. “Estamos aqui primeiro pelo reconhecimento que esse grupo tem para a região e para o Estado, o grande objetivo do nosso estado foi verticalizar a produção, agregar valores, industrializar, mostramos a grande competência no campo, produzindo, e agora a indústria ganha força e vai ajudar a revolucionar a cadeia e a produção de milho no estado de Mato Grosso”, disse o governador em entrevista à imprensa.

A matéria completa sobre a inauguração desse importante empreendimento você confere nesta segunda-feira no programa A Voz do Povo as 10 horas.

Veja também


Enquete
Qual sua opinião sobre as mudanças do trânsito nas perimetrais em anexo à BR 163?
  • Parcial