Sorriso FM 99,1

03/06/2019 16:22
Lida 502 vezes.

Assessoria


Cerca de 450 pessoas participaram do mutirão “Sábado Sem Mosquito”, realizado no último sábado(01), em Sorriso. A ação que é uma recomendação do Ministério da Saúde, foi organizada pela Secretaria de Saúde e Saneamento, em parceria com as instituições civis organizadas, presidentes de bairros e voluntários.

Um balanço positivo, essa é a avaliação do secretário de Saúde e Saneamento Luis Fábio Marchioro. “Esse mutirão foi extremamente positivo, pois contamos com o apoio de várias instituições que nos ajudaram e foram a campo conosco, visitar os imóveis e orientar a população, mas também contamos com empresas que nos ajudaram com maquinários, veículo de apoio e até óleo diesel. Ou seja, todos se envolveram de forma a apoiar a ação e isso fez toda a diferença,” explicou o secretário.

Marchioro aproveitou para agradecer cada instituição pela parceria. “Quero aqui fazer um agradecimento, aos nobres parceiros do Rotary Club, Rotary Ouro Verde, Lions Club, Leo Club, Grupo de Escoteiros Jaguatirica, Câmara de Vereadores, Unic, IFMT, Águas de Sorriso, Sanorte, Embracon, Igreja Católica, Associação Comercial e Empresarial, o Núcleo Integrado de Fiscalização, Polícia Militar, através da escola Tiradentes, Bombeiros, através do Bombeiros do Futuro, Secretaria de Assistência Social, através do Luz do Amanhã, aos voluntários de cada bairro e a Secretaria de Obras e Serviços Públicos que recolheu o lixo. Reconheço que essa ação sem o apoio de cada um de vocês não seria possível, não teria o impacto que teve”, ressaltou ele.


O mutirão passou por sete bairros, Bairro Nova Aliança, Bairro Mário Raiter, Bairro São Francisco, Jardim Carolina, Bairro São José, Bairro Bela Vista e Jardim Amazônia, e contou com a participação do prefeito Ari Lafin.

“Ações que envolvem as instituições, através desta parceria em prol do melhor para a sociedade, é sempre sem dúvidas muito importantes, pois sabemos que são instituições sérias que reconhecem a necessidade de promover esse mutirão. A situação do Mosquito Aedes aegypti é preocupante e a melhor forma de combater é eliminar os criadouros. Se os moradores limparem o quintal eliminar tudo que possa armazenar água parada e colocar na rua nos dias do Calendário de Coleta a prefeitura passa recolhendo e assim eliminamos os criadouros. Cada um fazendo sua parte venceremos esse mosquito”, disse o prefeito.

Veja também


Enquete
Qual sua opinião sobre as mudanças do trânsito nas perimetrais em anexo à BR 163?
  • Parcial