Agora: Experiência de Deus

Sorriso: reunião debateu custo de produção do frango no Assentamento Jonas Pinheiro

Assessoria em 31/05/2019 às 06:14. Lida 1159 vezes.

Cerca de 100 pessoas participaram ontem (29) da capacitação com o tema “Custo de produção do frango e manejo de pintainhos”. A capacitação foi realizada pela Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (SAMA), no Assentamento Jonas Pinheiro.

Conforme o responsável pela pasta, Márcio Kuhn, foram repassadas informações de medidas sanitárias, cuidados no alojamento dos pintainhos, manejo, alimentação alternativa, estrutura das construções, equipamentos e planejamento na produção de frangos tanto caipira como convencional para atual produtores e novos interessados na área.

“Ao mesmo tempo em que estamos realizando capacitações técnicas, também estamos fazendo um levantamento das potencialidades do município e de quem deseja investir na área”, explica Kuhn. O secretário destaca que a “intenção é organizar a cadeia produtiva do frango no município”.

“Essa é uma primeira etapa, vamos dar continuidade com capacitações e assistência técnica permanentes”, salienta o secretário. “Todas as técnicas de assistência, manejo, produção e organização foram abordadas na reunião”, complementa. Para garantir assistência técnica, a zootecnista Fátima Balbino Savegnago, acompanhará o processo produtivo in loco. “Apresentamos a Fátima ontem aos produtores. Ela será a nossa ponte nesse projeto, com o contato direto com os produtores”, explica.

Além da reunião de ontem (29), na última segunda-feira (27), produtores do Cinturão Verde, da área de chácaras e também do Assentamento Jonas Pinheiro, participaram de uma reunião com representantes da SAMA e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico para debater o tema. “Na reunião de segunda-feira também discutimos questões sanitárias e a organização da produção”, pontua o responsável pelo Centro de Atendimento ao Empreendedor (CAE), Leonardo Kozak.

Abatedouro de frangos

Além da capacitação, Kunh pontua que está em andamento o processo para a abertura de um Abatedouro Municipal de Frangos. “Já foram licitados R$ 121.000,00 em equipamentos. Também será aberto o edital de licitação para a adequação e reforma do local”, explica o secretário que complementa que o Abatedouro deverá funcionar na antiga farinheira, no Assentamento Jonas Pinheiro.

“Dessa forma, além de ofertar assistência no momento da produção, vamos garantir o abate em local apropriado e também possibilitar a ampliação do mercado de comercialização, pois com o funcionamento do abatedouro será fornecido o selo de inspeção municipal e assim o produto poderá ser comercializado em supermercados”, frisa Kunh. Hoje toda a produção é comercializada nas feiras municipais.

A capacitação de ontem (29), foi promovida pela Administração Municipal, por meio da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (SAMA) em parceria com o Sebrae. O Sebrae é o responsável pela consultoria e a SAMA pela assistência técnica. “Todas essas ações atendem ao Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), proposto pelo Ministério Público para produção e comercialização da cadeia produtiva do frango no município”, finaliza Kuhn.

Enquete


Você é contra ou a favor de eleições para diretores e coordenadores de escolas públicas municipais?
Parciais