Sorriso FM 99,1

Secretaria de saúde reforça importância das gestantes e crianças do grupo prioritário tomar a vacina contra gripe

27/05/2019 11:01
Lida 456 vezes.

Assessoria

Esta é a última semana da Campanha Nacional de Vacinação Contra Gripe, os grupos prioritários têm até sexta-feira (31) para se vacinar. Dados do Setor de Vigilância Epidemiológica, da Secretaria de Saúde e Saneamento de Sorriso, apontam que já foram administradas 13.761 doses, ou seja, 83,95% da meta.

A porcentagem de cobertura do público alvo da campanha, até nesta segunda-feira (27), ficou assim. Os idosos superaram a expectativas e estão com 101,60% de cobertura vacinal, os professores com 90,48%, as crianças com 88,46%, as puérperas com 86,83% , as gestantes com 86,05%, os trabalhador de saúde com 79,04%, os portadores de comorbidades com 73,34% e 68 militares tomaram a vacina.

“Nossa maior preocupação é com as gestantes e crianças, que ainda não alcançaram a cobertura vacinal prevista na meta e é um público muito suscetível a contrair gripe e ter complicações. Por isso pedimos as mamães de bebês de seis meses a menores de 6 anos e as gestantes, que procuram o quanto antes uma unidade de saúde para tomar a vacina,” explicou a coordenadora da vigilância em saúde, Tayná Vacaro.

Ainda segundo Tayná, as unidades de saúde estão abastecidas com a vacina para grupo prioritário até dia 31.

“Todos que fazem parte do público definido pelo Ministério da Saúde como prioritário, devem procurar uma unidade de saúde para ser imunizado, até o próximo dia 31”, ressaltou ela.

Público Alvo

Quem deve tomar a vacina , segundo definição do Ministério da Saúde, são pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menores de 6 anos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade, além dos funcionários do sistema prisional e militares. Os portadores de doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes, hipertensão com comorbidade e câncer, além daquelas pessoas que têm outras condições clínicas especiais, também devem se vacinar contra a gripe. Este público deve apresentar prescrição médica no ato da vacinação.

Veja também


Enquete
Qual sua opinião sobre as mudanças do trânsito nas perimetrais em anexo à BR 163?
  • Parcial