Sorriso FM 99,1

24/05/2019 14:38
Lida 1021 vezes.

Fernando Luiz com assessoria

O prefeito Ari Lafin está a caminho da capital mato-grossense onde participará de uma audiência junto à Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) para solicitar a liberação de R$ 4 milhões, referente a um convênio firmado com o Governo do Estado, em julho de 2017, para a readequação, ampliação e modernização do Aeroporto Regional de Sorriso Adolino Bedin.

Lafin destaca que a preocupação com a pista do aeroporto vem desde que assumiu a gestão, e que a busca por recursos financeiros e parcerias para a reestruturação do espaço sempre foi prioridade da Administração Municipal.

“Em abril do ano passado estivemos junto à Secretaria de Aviação Civil (SAC) e à Infraero, buscando recursos e alternativas para que fosse feita uma recuperação mais completa da estrutura da pista. No mesmo mês, devido à intensidade das chuvas, foi necessário cancelar alguns voos, pois o excesso de água ocasionou uma fissura na pista do aeroporto. Desde então, estamos monitorando diariamente a pista e fazendo as recuperações necessárias para garantir a segurança de todos os usuários”, explica o prefeito.

Na próxima semana, Lafin irá a Brasília em busca dos recursos financeiros já alocados pelo Governo Federal para manutenção e obras em aeroportos, e que ainda não foram repassados à Administração. Além dos recursos federal e estadual, a Prefeitura de Sorriso fará a contrapartida com recursos próprios para que seja feita a reestruturação necessária na pista, avaliada em aproximadamente R$ 15 milhões.

“Estamos buscando a liberação de recursos que já estavam direcionados ao aeroporto, mas que, devido a crise enfrentada no país, não foram repassados pelos governos estadual e federal. Queremos resolver essa questão da pista o quanto antes para que a Azul retome os voos comerciais em Sorriso”, ressalta o prefeito.

Vale lembrar que o Aeroporto Regional de Sorriso Adolino Bedin não está interditado. Apenas os voos regulares da empresa Azul Linhas Aéreas Brasileiras foram temporariamente suspensos.

Veja também


Enquete
Qual sua opinião sobre as mudanças do trânsito nas perimetrais em anexo à BR 163?
  • Parcial