Sorriso FM 99,1

09/05/2019 17:37
Lida 1477 vezes.

Fernando Luiz com assessoria

Durante discurso nesta quarta-feira (8), na abertura do 14º Congresso Brasileiro de Cooperativismo, o ministro em exercício da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Marcos Montes, disse que “o Brasil avança fortemente no cooperativismo”. O evento, realizado pela Organização da Cooperativas Brasileiras (OCB), debate o futuro do setor.

O ministro lembrou do programa Mais Cooperativismo, criado para estimular a área, e ressaltou que “é preciso avançar cada vez mais”. Ele pediu o apoio dos grandes empresários para que invistam no cooperativismo e reforçou a necessidade de organização das cooperativas “para fazer a força motriz desse país”.

Marcos Montes falou sobre a viagem da ministra Tereza Cristina à Ásia - Japão, China, Vietnã e Indonésia - com o objetivo de atrair mais negócios para o Brasil e mostrar o potencial econômico do país, e também do cooperativismo. Na avaliação do ministro em exercício, “a atividade é o único instrumento para que os pequenos e médios produtores consigam alternativas de sobrevivência, de dignidade”.

Montes destacou a importância do congresso. Ele afirmou que os 50 anos da OCB são de luta em defesa da atividade e ressaltou a necessidade de difundir o cooperativismo.

“Na sociedade, a organização que se tem para poder fazer as coisas acontecerem é o cooperativismo”, afirmou.

Na abertura do congresso, foi lançada a 13ª Agenda Institucional, com as principais demandas e propostas do cooperativismo aos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. A edição do documento é focada no fomento da simplificação, desburocratização e melhoria do ambiente de negócios para a atuação das cooperativas.

Veja também


Enquete
O que você pensa sobre o aumento de R$ 42 no salário mínimo previsto pelo Governo Federal para 2020?
  • Parcial