Sorriso FM 99,1

Secretário diz que afastou médica que não constatou perfuração no pulmão e deu alta para jovem esfaqueado

18/04/2019 14:53
Lida 3782 vezes.

Ivan Oliveira


O secretário de Saúde de Sorriso, Luis Fábio Marchioro, disse em entrevista para a Sorriso FM, que afastou a profissional médica que atendeu na terça-feira pela manhã um jovem vítima de esfaqueamento. O nome da médica não foi divulgado por questões éticas, informou a assessoria. O garoto foi ferido por um colega de escola, no bairro Rota do Sol. A vítima recebeu alta médica e chegou a ir pra casa, sendo que posteriormente ficou constato que o jovem havia tido uma perfuração no pulmão em função dos golpes.

"Infelizmente aconteceu um erro. Imediatamente afastamos a médica que estava em seu primeiro dia de trabalho na UPA", disse Luis Fabio.

Posteriormente o paciente foi encaminhado para o Hospital Regional de Sorriso onde recebeu atendimento e passa bem. Segundo o HRS, o jovem passou por um procedimento chamado drenagem de tórax, e agora está com dreno por conta de um derrame pleural, que é o acúmulo de líquido no pulmão.

O caso ganhou grande repercussão no programa A Voz do Povo, quando dezenas de ouvintes se pronunciaram através do "Fala Cidadão" condenando o fato. Pelo menos duas ouvintes contaram que chegaram a receber alta médica mesmo com fratura não constata pelos profissionais médicos da unidade. "Não fazem nem um raio X", disse uma delas.




Veja também


Enquete
O que você pensa sobre o aumento de R$ 42 no salário mínimo previsto pelo Governo Federal para 2020?
  • Parcial