Sorriso FM 99,1

16/04/2019 17:07
Lida 996 vezes.

Circuito MT

Ministério Público Estadual (MPE-MT) instaurou inquérito civil para apurar possível prática de ato de improbidade administrativa por parte do ex-governador Pedro Taques. O tucano será investigado por suposto descumprimento de repasses financeiros aos poderes.

Na portaria, o promotor de Justiça Celio Joubert Furio, do Núcleo das Promotorias de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa, observa que o inquérito se justifica pela necessidade de colher elementos para identificação e melhor delimitação do objeto da apuração.

Para tanto, o promotor pede que seja oficiado ao ex-Governador a requisição de informações sobre os fatos, especialmente sobre o cumprimento do Termo de Ajustamento de Conduta assinado entre os Poderes do Estado de Mato Grosso no dia 12/09/2016, referente ao repasse dos duodécimos bem como para informar sobre seu cumprimento ou não e qual a situação atual do procedimento em que ele foi firmado, bem como se houve execução do ajuste.

Segundo o promotor Celio Furio, nos autos há informações de que o ex-governador deixou de efetuar os repasses financeiros constitucionalmente previstos, com eventual violação à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Veja também


Enquete
O que você pensa sobre o aumento de R$ 42 no salário mínimo previsto pelo Governo Federal para 2020?
  • Parcial