Sorriso FM 99,1

Mesmo com afundamento de crânio, garoto é liberado da UPA de Sinop; criança foi encaminhada para UTI e passa por cirurgia

08/04/2019 16:04
Lida 1245 vezes.

Visão Notícias

O caso tomou proporções no sábado (06) e revoltou familiares e amigos. A criança sofreu uma queda na escola no último dia 25/03, foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (Upa) de Sinop e foi liberada em seguida.

A família afirma que no local foi feito raio-X e a criança foi liberada pela equipe médica que disse que não havia fratura. Como o menino se queixava de dores, a família fez uma ressonância particular, que constatou a fratura na cabeça.

O vereador Adenilson Rocha acompanha o caso. “Desde o princípio fomos acionados pelo pai da criança e ele nos relatou a falta de responsabilidade do médico que atendeu a primeira vez e acabou liberando o menino. Fomos atrás em busca de tentar ajudar a criança. O que é lamentável é que tentamos contato com o secretário de saúde e ele não respondeu as chamadas, só depois de outra pessoa interferir a um pedido nosso ele respondeu por mensagem”, relatou Adenilson.

A criança foi transferida no final da manhã de domingo (7) para o Pronto Socorro Municipal de Cuiabá em uma UTI aérea, depois que a família conseguiu uma liminar, obrigando a transferência.

O garoto passou na manhã desta segunda-feira (08) pela cirurgia e passa bem.

NOTA SECRETARIA DE SAÚDE

Tão logo tomou conhecimento do caso o secretário de Saúde Gerson Danzer esteve pessoalmente na UPA, na sexta à noite. A criança foi transferida para Cuiabá e a OS que administra a UPA já informou à Secretaria de Saúde que o Comitê̂ de Ética e o Comitê̂ de Revisão do Prontuário instauraram uma Sindicância para apurar o ocorrido.

A OS que administra a unidade relatou em nota que o caso será investigado.

O Instituto Social Saúde e Resgate à Vida (ISSRV), gestor da UPA Dra. Anette Maria Mota Maria, Sinop MT, informa que, com relação ao caso do paciente de 7 anos, J.G.R.S, transferido para Cuiabá, o Comitê de Ética e o Comitê de Revisão do Prontuário instauraram hoje (08) uma Sindicância para apurar o ocorrido.

Informamos ainda que, assim que o processo for concluído, serão adotadas as medidas necessárias cabíveis e que lamentamos sinceramente o ocorrido, que não condiz com nosso padrão de atendimento.

ISSRV - ESCRITÓRIO SINOP

Veja também


Enquete
Se a eleição fosse hoje, em quem você votaria para prefeito (a) de Sorriso?
  • Parcial