Sorriso FM 99,1

01/03/2019 17:44
Lida 1435 vezes.

Tâmara Figueiredo

A Associação Mãezinha do Céu que atende 140 crianças do bairro Jardim Amazônia e adjacências com projetos sociais foi agraciada nesta sexta-feira, 01/03 com um sistema de produção e distribuição de energia solar.

A economia para a entidade vai chegar a 25 mil reais por ano com as contas de energia elétrica, já que a entidade tinha um gasto médio de até dois mil reais mensais.

Jussara Sviec presidente da Mãezinha do Céu falou sobre o presente recebido “Realmente uma economia muito grande, que a gente poderá reverter em outros setores que precisamos investir. Com esse sol que temos de graça todos os dias, esse é um grande presente. Porque vamos economizar esse valor pago mensalmente, que em media no ano passado foi de 25 mil anual e esse é o valor que estaremos poupando. O que a gente poupar aqui, vai investir em mais professores, professores de música, vamos procurar investir da melhor maneira possível. Sempre buscamos uma melhor qualidade nos nossos projetos. Este ano temos mais uma pedagoga, estamos querendo investir mais na música que é o nosso pilar. Gratidão a Deus e a todos os profissionais que fazem parte ea toda comunidade sorrisense que está sempre junto com a gente”.

O proprietário da empresa de energia solar Vital Energy, Robert Anderson Cavalheiro falou sobre o ato “Esse é um projeto que a gente já vínhamos analisando a um bom tempo, a gente sabe que a Mãezinha do Céu é uma entidade que necessita da ajuda da sociedade e foi um projeto que finalmente conseguimos executar aqui para eles terem essa energia que vem do sol e gerar essa economia de 1900 a 2 mil reais por mês. Esse sistema seria para atender a demanda total da Mãezinha com a geração de 2. 200 KW mês. No futuro tem a previsão para aumentar mais 19 placas. O sistema tem um uma vida útil de 25 anosentão pelo mínimo de 25 anos essas crianças terão esse suporte. A gente fez de coração para ajudar a todos os empresários e sociedade organizada e a diretoria.

COMO FUNCIONA A ENERGIA SOLAR:

Robert explica como é feito o sistema de captação de energia solar: “O sistema é conectado à rede chegou ao Brasil pela Resolução Normativa 2012 para atender empresas, residências e rural. É basicamente feito o calculo de consumo e numero de placas e equipamentos para fazer a captação solar e tem a parte burocrática para homologar esse sistema junto à rede concessionária”.

A implantação do sistema se tornou mais acessível tanto residencial, quanto comercial: “Hoje houve uma queda do sistema de aproximadamente 25% ficando muito mais acessível. Se considerar a vida útil de 25 anos no mínimo, chegando a 40 anos. Hoje ficou mais acessível um investimento para sistema residencial tem um retorno em 3 anos e 10 meses. Sistemas maiores tem um retorno em mais breve tempo. Temos a segunda maior incidência de sol do Brasil, uma energia limpa e renovável que nos aquece e dá energia também”.

Veja também


Enquete
Se a eleição fosse hoje, em quem você votaria para prefeito (a) de Sorriso?
  • Parcial