Sorriso FM 99,1

01/02/2019 06:51
Lida 871 vezes.

Assessoria

Os dois homens suspeitos de uma tentativa de homicídio na cidade de Sorriso (420 km ao Norte) presos em 11 de janeiro deste ano tiveram as prisões temporárias convertidas em preventiva pela Justiça. O caso ocorrido em agosto de 2018 é investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Delegacia da Polícia. Um dos suspeitos é apontado como agenciador e o outro executor do crime.

O suspeito Marcos de Paula (agenciador) teve o mandado de prisão temporária cumprido em Sorriso, e Adair Cesar Martini, conhecido por Professor, que seria o mandante, foi preso município Itá (SC), pela Polícia Civil do Estado de Santa Catarina. O suspeito Marcos de Paula teve também mandado de busca cumprido em sua casa dele, no bairro Santa Maria, que fica próximo a chácara, onde ocorreu o crime, também foi cumprido mandado de busca.

A tentativa de homicídio ocorreu no dia 2 de agosto de 2018, em frente uma chácara nas proximidades do perímetro urbano do município. Na ocasião, a vítima saia da chácara na companhia de seu amigo, que conduzia um veículo Ford Fiesta, momento em que foi abordado por dois homens armados que passaram a disparar contra o veículo. A vítima conseguiu acelerar o veículo, despistando os atiradores. Os disparos atingiram apenas o veículo e a vítima saiu ilesa. (Veja mais).

Conforme a Polícia Civil de Sorriso, inquérito policial está em fase final para encaminhado ao Poder Judiciário com indiciamento dos suspeitos no crime de tentativa de homicídio.

Veja também


Enquete
Se a eleição fosse hoje, em quem você votaria para prefeito (a) de Sorriso?
  • Parcial