Sorriso FM 99,1

21/01/2019 09:09
Lida 917 vezes.

Assessoria

Durante todo o ano de 2018, as equipes da Secretaria Municipal de Transportes distribuíram 10.906 cargas de cascalho para a manutenção da trafegabilidade de estradas vicinais de Sorriso. O número é quase o dobro do que foi utilizado em 2017, quando foram espalhadas 5.910 cargas de cascalho.

O trabalho das equipes também resultou, em 2018, na conservação de 1.314 km de estradas municipais, 237 km de estradas estaduais, 112 travessias de concreto e bueiros e 99 pontes provisórias.

Estes e outros dados foram apresentados aos representantes do Conselho Municipal do Fundo de Transportes e Habitação (Fethab) que se reuniram ontem (16), na Casa dos Conselhos. Participaram do encontro os secretários municipais Leonir Capitânio (Transportes), Sérgio Kocova da Silva (Fazenda) e Acácio Ambrosini (Obras e Serviços Públicos), os vereadores Silvana Perin Faccio, Cláudio Oliveira e Bruno Delgado. Representando a classe produtora e outros setores que compõem o Conselho , participaram o presidente do Sindicato Rural, Tiago Stefanello Nogueira, Elton Dal Molin, Sadi Beledelli e Nodimar Corrêa, entre demais integrantes.

“O conselho permite que o diálogo ocorra de maneira transparente e direta entre todos os envolvidos no trabalho de garantir que as estradas estejam sempre em condições adequadas e seguras”, comentou o titular da Secretaria de Transportes, Leonir Capitânio.

Em 2018, a Administração Municipal aplicou R$ 9.409.600,33 para a manutenção das estradas vicinais. O Fethab representou uma arrecadação de R$ 2.515.748,34 e o ITR R$ 6.282.104,99 . Em 2017, o valor global de investimentos foi de R$ 8.326.245,43, com R$ 2.643.662,80 frutos do Fethab, R$ 5.183.680,12 do ITR e o restante também em recursos próprios.

Além da prestação de contas, a reunião serve para balizar as próximas ações que serão adotadas para a melhoria das condições das estradas, indispensáveis para o fluxo da safra. Para este ano, ficou definida a aquisição de seis caminhões caçamba, um caminhão pipa e um caminhão melosa. A expectativa de investimento é superior a R$ 2 milhões, estima o secretário de Fazenda, Sérgico Kocová da Silva, contextualizando que a Prefeitura utiliza 100% dos recursos do Fethab e 50% dos recursos advindos do ITR na manutenção das estradas, sendo que as demais despesas da Secretaria de Transportes são custeadas com recursos próprios do município.

No ano passado, o investimento em maquinário foi de R$ 1.878.000, com a aquisição de uma PC, um trator de esteira, uma retroescavadeira, um caminhão prancha, dois terraceadores, duas caminhonetes e dois rolos compactadores. Em 2017, foram adquiridas três patrolas, uma PC e um terraceador, representando um investimento de R$ 2.225.000,00.

Veja também


Enquete
Você monitora o que seu filho faz no celular, tablet ou computador?
  • Parcial