Sorriso FM 99,1

28/12/2018 14:59
Lida 1320 vezes.

Tâmara Figueiredo

O prefeito municipal Ari Lafin esteve no programa A Voz do Povo dessa quinta-feira, 27/12 e fez um balanço das principais ações realizadas neste ano de 2018.Ele fez uma avaliação da sua gestão até o momento quando já se passou 50% do mandato e restam outros dois anos pela frente.

Ele disse que se considera mais amadurecido e fez uma avaliação positiva, agradecendo os secretários e conselhos. “Um dos pontos fortes é a participação da população, das entidades e sociedade organizada através dos conselhos municipais e em especial do CONDESS – Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, que reativamos este ano e tem sido uma ferramenta importante, onde a cada 15 dias nos reunimos para discutir as ações e planejamento da nossa cidade. E também ao GGI, Conselho de Segurança Pública, Conselho da Comunidade, da Saúde, presidentes de bairros enfim da participação efetiva da sociedade.

Ari Lafin falou sobre diversos assuntos como Educação, Saúde, Obras e Infraestrutura, Economia, Agricultura Familiar, Segurança Pública, Trânsito, Cidades, entre outros.

Na Educação esclareceu sobre a questão do concurso público que gerou polêmicas com a anulação de questões, em que cada candidato entrou com recurso. “Foi formada uma comissão para todas as decisões. Todos que fizeram suas reclamações podem procurar os entes representativos como MP ou poder judiciário”.

Sobre vagas para alunos e crianças nas creches, disse que apesar da construção de duas creches ainda haverá déficit no ano que vêm. “Continuaremos com um déficit de 1.600 alunos para as creches, foram entregues duas creches a Holf Bachmann e a do Mário Raiter que fizeram diminuir a fila de espera, mas vamos continuar com déficit. Estamos em obras no Rota do Sol e do Aliança. Então teremos mais dois CEMEIS para serem entregues em 2019”.

Destacou parceria com a Seduc com a implantação da Escola Militar, que há previsão para ser transferida para o prédio da UNIC e o desenvolvimento da Escola Plena na Mário Spinelli. Que ainda precisam de uma sede, porém o prefeito salientou que prevê que as ações para 2019 sejam realizadas com recursos próprios “Tanto Bolsonaro como Mauro Mendes estão anunciando cortes severos, o caixa está arrebentado. Não vou mentir, não vou prometer. Vou sentar com o próximo governo e trazer uma realidade para a sociedade, não vou trazer uma ilusão. A escola Tiradentes temos uma expectativa boa de locação no prédio da UNIC”.

Destacou também a possibilidade da Faculdade de Medicina (Cuja instituição homologada é a UniAtenas que irá oferecer o curso com 50 vagas para Sorriso), implantação também da Fasipe, com investimento de 100 milhões de reais.

Sobre a Segurança Pública, salientou trabalho dos agentes municipais de trânsito, estão trabalhando uma jornada que conseguem atender também a questão do som alto, inclusive nos finais de semana, desafogando a Policia Militar, que deve focar nos crimes. “Os agentes tem nos atendido e vamos ver a legalidade para passar de agentes de transito para Guarda Municipal. Câmeras de Segurança já foram licitadas para atender a principio a necessidade de segurança nos prédios públicos. Até maio do ano que vem deverá ter uma central de operações com alguns pontos estratégicos na praça das Fontes e praça da Integração”.

Sobre a Delegacia da Policia Civil, disse que a empresa UHS hidrelétrica de Sinop a partir do dia 15 já haverá ordem de serviço para construção do primeiro módulo.

Falou que deverá ocorrer uma mudança no trânsito, para isso está sendo desenvolvido um plano de mobilidade urbana que será discutido na Câmara em audiências públicas com a população.

Sobre o Aeroporto Ari Lafin destacou que existe uma comissão aeroportuária para discutir os problemas do aeroporto. “O aeroporto de Sorriso é uma situação quase individual, enquanto todos os aeroportos são administrados por entes federativos, o aeroporto de Sorriso é administrado pelo município, com verba própria, são aproximadamente 300 mil reais por mês para a manutenção. Temos uma remarcação de pista que irá custar mais 600 mil reais. já estão sendo cobradas taxas pela empresa. A empresa Azul, que faz operação diária, começou com um ATR, passou para uma aeronave a jato 190, agora pediu autorização para operar com uma aeronave 195, que é um pouco maior. A ANAC pediu um levantamento da qualidade da pista”.

Na Saúde, falou sobre o projeto do novo Hospital Regional de Sorriso que “É um sonho, conversei com o futuro secretário de saúde, com o presidente do consorcio Edu Pascosqui, para formar uma comissão especial de trabalho, juntamente com mais dois prefeitos, um deles o Pedro Ferronato de Ipiranga, que já fez alguns contatos em Brasília, e nós estamos nos empenhando em buscar recursos. A planta prevê uma obra de108 mil metros quadrados com 200 leitos inicialmente, depois 400 e finalmente 600 leitos. Sabemos das dificuldade financeiras do governo federal e governo do estado, Não estou prometendo, não vim vender ilusão, dizer que vou conseguir construir ele, mas vamosnos empenhar. O Aeroporto não era um sonho? E está aí o aeroporto”.

No setor de Obras falou sobre o projeto para construção da Praça dos Três Poderes, no sentido Sul do município próximo ao Monte Líbano, para isso os atuais prédios deverão ser vendidos através de uma chamada pública.

Ari falou que em termos de investimentos Sorriso vive um bom momento “A FS esmagadora de milho para transformar em etanol. Um grupo de algodoeiro, que já esta sendo construído uma mega estrutura de cerca de 40 milhões em uma descaroçadeira de algodão, grupo de empresários de Sorriso, A DGB – frigorifico, a Fasipe com investimento de 100 milhões de reais, o Delmoro com o atacarejo, a Havan, a nova Casa Mortuária sendo construída para pessoas mais carentes, Centro de Convivência da Terceira Idade vai receber nova estrutura, novo CAPS,obras de asfalto”.

Sobre a Havan, disse que o proprietário, Luciano Hang conheceu vários pontos e levou uma impressão muito positiva. “Em breve deve fazer o anuncio oficial, que deve acontecer em fevereiro ou março”.

Veja também


Enquete
Se a eleição fosse hoje, em quem você votaria para prefeito (a) de Sorriso?
  • Parcial