Sorriso FM 99,1

27/12/2018 11:34
Lida 654 vezes.

Fernando Luiz - Depto Jornalismo/ Folhapress.

A equipe ministerial do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), participa de um curso de gestão e governança pública na manhã desta quinta-feira (27) em Brasília.

Dos 22 ministros de Bolsonaro, 18 compareceram às aulas, em um centro educacional na capital.

São eles: Onyx Lorenzoni (Casa Civil); general Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional); Luiz Henrique Mandetta (Saúde); Ricardo Velez Rodriguez (Educação); Sergio Moro (Justiça); Roberto Campos Neto (Banco Central); Ernesto Araújo (Relações Exteriores); Gustavo Canuto (Desenvolvimento Regional); Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos); general Carlos Santos Cruz (Secretaria de Governo); Tarcísio Freitas (Infraestrutura); general Fernando Azevedo e Silva (Defesa); Bento Costa (Minas e Energia); Marcelo Alvaro Antonio (Turismo); Ricardo Salles (Meio Ambiente); Tereza Cristina (Agricultura); Wagner Rosário (Controladoria-Geral da União); e André Mendonça (Advocacia-Geral da União).

Os quatro que não participam são Gustavo Bebianno (Secretaria-Geral da Presidência); Paulo Guedes (Economia); Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) e Osmar Terra (Cidadania).

A maior parte dos ministros anunciados não tem experiência em gestão do poder público.As aulas devem se estender por toda a manhã.

Pela tarde, os futuros ministros participam de uma reunião no CCBB (Centro Cultural do Banco do Brasil), sede do governo de transição.

Veja também


Enquete
Você é contra ou a favor da redução da verba indenizatória para deputados e servidores de alto escalão do Poder Legislativo de MT, proposta pelo deputado estadual Ulysses Moraes (DC).
  • Parcial