Sorriso FM 99,1

30/11/2018 09:54
Lida 788 vezes.

Tâmara Figueiredo

A rádio Sorriso FM inovou e um novo quadro do programa “A Voz do Povo”, estreou nesta sexta-feira, 30/11, dando vez e voz para a população dos bairros de Sorriso – é o quadro “A VOZ DO BAIRRO”.

Os primeiros bairros visitados foram Santa Maria 1 e 2. O repórter Heverton Luiz esteve no ponto de ônibus, localizado na entrada do bairro e conversou com vários moradores daquela comunidade. Na próxima sexta-feira, dia 07 de dezembro, será a vez do bairro União.

Entre as manifestações dos moradores, esteve a necessidade da instalação de redutores de velocidade no bairro, pois os condutores trafegam em alta velocidade causando riscos de acidentes. Também houve reclamação sobre o matagal na entrada do bairro, nas proximidades do ponto de ônibus. Outra cobrança foi a falta de creches e escolas. Com relação à saúde, moradores reclamaram que o PSF mais próximo será o do bairro Pinheiros. Outro problema é a falta de iluminação.

Já sobre os redutores de velocidade, o secretário de Segurança Pública, Trânsito e Defesa Civil, Felipe Dias Mesquita respondeu para a reportagem que “Existe um Programa de Ação Integrada no Transito, proposta pelo processo de licitação que foi feito um estudo para o trânsito para os próximos anos a frente para Sorriso, considerando a evolução da taxa de crescimento populacional e de veículos até 2040. Esse programa prevê a colocação de redutores de velocidade, retirada ou inclusão de rotatórias, semáforos e outras coisas mais. Se no PAIT não prevê Santa Maria 1 e 2, que vai ser uma questão de bairro, em vez de avenida ou coletora, aí a gente dá uma analisada”.

Um problema antigo também foi citado pelos moradores: o forte odor que exala da estação de tratamento de esgoto. Sobre este problema a empresa Águas de Sorriso emitiu uma nota.

“Nota à Rádio Sorriso

Sobre os questionamentos a Águas de Sorriso quanto o odor da estação de tratamento de esgoto, localizada no bairro Santa Maria, a concessionária esclarece que aplica tecnologias que visam amenizar e sanar quaisquer impactos ao meio ambiente.

Monitorando continuamente a operação dos sistemas de esgoto, a Águas de Sorriso conta com o apoio da população para que não lancem na rede materiais sólidos e resíduos como plásticos, madeira, óleos de fritura e restos de comida que provocam o entupimento das tubulações, além das ligações clandestinas de água pluvial na rede de esgoto.

Para mais informações e esclarecimentos, a Águas de Sorriso fica à disposição na Central de Atendimento e no 0800 647 6060 para ligações de telefones fixos e pelo 4020 1038 para ligações de celulares”.

Veja também


Enquete
O que você mais espera para 2019?
  • Parcial