Sorriso FM 99,1

12/11/2018 08:15
Lida 1091 vezes.

G1/MT

Duas pessoas morreram nesse domingo (11) após a queda um avião de pequeno porte em Querência, a 912 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, as vítimas foram identificadas como Júlio Cezar Sganzerla, de 34 anos, e Rodrigo de Paula Schneider, de 30 anos.

Segundo a PM, o acidente ocorreu no final da tarde na zona rural, a 10 km de Querência. O avião caiu em uma plantação de soja e pegou fogo logo em seguida. O prefixo da aeronave é PP-ZWA.

Piloto e passageiro morreram após avião cair em plantação de soja e pegar fogo em Querência — Foto: Polícia Militar de Querência/DivulgaçãoPiloto e passageiro morreram após avião cair em plantação de soja e pegar fogo em Querência — Foto: Polícia Militar de Querência/Divulgação

Piloto e passageiro morreram após avião cair em plantação de soja e pegar fogo em Querência — Foto: Polícia Militar de Querência/Divulgação

Júlio era o proprietário e piloto do avião. Rodrigo era amigo de Júlio e estava como passageiro da aeronave.

Familiares e testemunhas pediram para que a polícia enviasse caminhão-pipa para conter o incêndio no avião. Enquanto isso, pessoas próximas tentaram apagar as chamas usando extintores e água na propriedade.

Uma enfermeira do hospital municipal foi chamada, mas não houve tempo de socorro. Os corpos foram carbonizados nas ferragens da aeronave.

Avião caiu em Querência e duas pessoas morreram — Foto: Polícia Militar de Querência/DivulgaçãoAvião caiu em Querência e duas pessoas morreram — Foto: Polícia Militar de Querência/Divulgação

Avião caiu em Querência e duas pessoas morreram — Foto: Polícia Militar de Querência/Divulgação


Ainda conforme a PM, o Sexto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa) foi comunicado sobre o acidente em Querência e deve apurar o que aconteceu.

A Polícia Civil de Querência foi informada também sobre a queda do avião. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) de Água Boa, a 736 km de Cuiabá, foi ao local.

Os corpos de Júlio e Rodrigo foram encaminhados ao Instituto Médico Legal de Água Boa.

Veja também


Enquete
Que nota você dá para a Administração Municipal de Sorriso em 2018?
  • Parcial