Sorriso FM 99,1

07/11/2018 14:13
Lida 623 vezes.

Folha Max

Manoel Joadir de Arruda, 59 anos, principal suspeito de matar a própria irmã e jogar o corpo em uma mata foi preso no final da tarde desta terça-feira (6) na comunidade quilombola de Mata Cavalo, zona rural de Nossa Senhora do Livramento (40 km de Cuiabá).

As informações são de que a equipe da Polícia Militar foi acionada após receber denúncias de que o suspeito seguiria para o hospital da cidade.

No local, Manoel foi localizado e detido. Na delegacia, ele teria confessado que praticou o feminicídio contra sua irmã na data de segunda feira (5).

Diante dos fatos, o suspeito foi encaminhado à Delegacia Especializada em Homicídio de Proteção a Pessoa (DHPP) de Cuiabá.

Relembre:

Daisy Beatriz De Arruda, 41 anos, foi encontrada morta com aproximadamente 9 perfurações no corpo em uma região mata na comunidade do Aguaçu, zona rural de Nossa Senhora do Livramento (40 km de Cuiabá). O caso ocorreu nesta terça-feira (6) e a vítima estava sem as roupas.

De acordo com informações da Polícia Militar local, a equipe foi acionada pela mãe que informou ter encontrado o corpo da filha seminu em uma mata, com diversos hematomas. A PM acionou as equipes da Politec e Polícia civil que estiveram no local e localizaram o corpo.

De acordo com informações preliminares, passadas pela mãe da vítima, a filha era alcoólatra e na noite anterior estava fazendo uso de bebida alcoólica na companhia de seu irmão. Ele chegou a entrar em contato com a mãe e admitiu ter assassinado a irmã.

Procurados pela equipe da Polícia Civil, o irmão e o convivente da vítima não foram localizados. As roupas da vítima estavam a aproximadamente 20 metros de onde o corpo foi encontrado.

A Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) vai investigar o caso.

Veja também


Enquete
Como você avalia o atendimento às ocorrências de reclamações de "Som Alto" em Sorriso?
  • Parcial