Sorriso FM 99,1

28/10/2018 13:25
Lida 286 vezes.

Fernando Luiz - Depto Jornalismo com AgBras

Entre as ocorrências mais graves registradas no país neste domingo (28) de segundo turno das eleições está a morte de um mesário, no Rio de Janeiro, e o registro de urnas vandalizadas em São Paulo.

Conforme balanço do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), antes do meio dia, 35 ocorrências diversas foram registradas no país, sendo que 17 resultaram em prisões. No primeiro turno, no mesmo período, foram 33 casos, sendo apenas dois com prisão.

Às 11h, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio Grande do Sul informou ter recebido 16 denúncias de propaganda irregular, contra 50 registradas no primeiro turno até mesmo horário. Nenhuma prisão foi registrada no Estado.

Logo depois da abertura da votação, em Nova Iguaçu, no Rio, o mesário João Carlos Félix, de 50 anos, passou mal e morreu. O socorro foi acionado, mas quando Bombeiros chegaram ao local, o mesário já estava morto.Segundo o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), ele foi vítima de um infarto .

Em Sorocaba, na Escola Estadual Humberto de Campos, 10 urnas foram danificadas durante invasão entre a noite de sábado e a madrugada de domingo. Também em Sorocaba, outra escola teve a fiação elétrica cortada. Nenhum dos casos resultou em atrasos no começo da votação.

Veja também


Enquete
Como você avalia o atendimento às ocorrências de reclamações de "Som Alto" em Sorriso?
  • Parcial