Sorriso FM 99,1

27/10/2018 14:48
Lida 257 vezes.

Fernando Luiz - Depto Jornalismo com DC

Pregando a renovação no Parlamento Estadual, o Delegado Claudinei (PSL), eleito deputado estadual para próxima legislatura, pretende disputar a eleição a presidente, em fevereiro. A intenção do parlamentar é agregar os 14 novatos que se elegeram para o primeiro mandato, tendo em vista que ele descarta qualquer possibilidade de composição com deputados reeleitos.

Até o momento, ele já conta com o apoio de quatro parlamentares. Trata-se dos deputados eleitos Ulysses Moraes (DC), João Batista do Sindspen (Pros), Sílvio Fávero (PSL) e de Elizeu Nascimento (DC).

“Fevereiro queremos começar firmes e fortes, unidos para um estado melhor”, disse o candidato à presidência.

Para fortalecer o projeto, Ulysses, inclusive, recuou da disputa. Ele havia se lançado como candidato a presidente na semana passada. “Vamos trabalhar por uma união dos novatos que dá, literalmente, uma resposta para todos aqueles que nos elegeram e querem a renovação na Assembleia”, pontuou.

João Batista, por sua vez, vê na eleição de Claudinei a chance de garantir a verdadeira renovação pregada nas urnas no pleito deste ano. “Estamos tendo a grande oportunidade de renovar a política do estado de Mato Grosso e fazer diferente. Claudinei é um delegado renovado com serviço prestado, que com certeza será um excelente deputado para o povo de Mato Grosso”, disse.

O novato poderá enfrentar a experiência dos deputados estaduais Guilherme Maluf (PSDB) e Janaína Riva (MDB), que tentam viabilizar os nomes para a disputa, e de Eduardo Botelho (DEM) que trabalha para permanecer à frente do Parlamento Estadual.

Até o momento, o nome mais forte é do atual presidente. Ele afirma que já possui o apoio de oito parlamentares, incluindo alguns novatos.

Veja também


Enquete
Como Você avalia as decisões tomadas pelo presidente eleito Jair Bolsonaro?
  • Parcial