Sorriso FM 99,1

11/10/2018 10:47
Lida 241 vezes.

Assessoria | PJC-MT

Dez pessoas foram presas na operação “Trem Bala”, realizada na manhã desta quarta-feira (10.10), em Pontes e Lacerda (448 km a Oeste), pela Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Regional, com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O foco da ação policial foi o comércio ilegal de arma de fogo e munições.

O alvo principal da investigação é uma associação criminosa liderada por Paulo Fernandes de Souza, popular Bida, muito conhecido pela polícia por realizar o comércio ilegal de arma de fogo e munições, além de emprestar/ceder armas de fogo para prática de crime de roubo na cidade de Pontes e Lacerda.

Além de Paulo, também foram presos outros cinco membros da associação criminosa e mais quatro pessoas em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e receptação. Outros presos com mandado de prisão foram: Romilson Pereira de Souza, Elias Martins de Almeida, Luiz Carlos Rezende Froes, Wellinton Rodolfo de Assis e Wallas Cardoso Ramos.

“Todos diretamente estão associados ao principal alvo da investigação, o Paulo, que emprestava arma de fogo para prática de roubo, comercializava armas e munições e fornecimento de drogas”, disse o delegado regional, Rafael Scatolon.

Durante a operação e ao longo da investigação foram apreendidas cinco armas de fogo (2 revólveres 38, 2 espingardas, 1 pistola 380) e mais de 220 munições de calibres 38, 32, 40, 22, 28, 9mm e 380. A pistola calibre 380 tem registro de roubo na cidade de Nova Marilândia (392 km a Médio-Norte).

A operação mobilizou 66 policiais das Delegacias Municipal e Regional de Pontes e Lacerda e as Delegacia dos municípios de Vila Bela da Santíssima Trindade, Comodoro, Campos de Júlio, Jaúru, Mirassol D’Oeste, Rio Branco, Regional de Cáceres, além de 18 policiais rodoviários federais.

Veja também


Enquete
Em sua opinião, qual o principal desafio dos educadores?
  • Parcial