08/08/2018 06:35

Quantidade de visualizações: 1779

Ubiratã 24 horas

Uma ação conjunta entre a Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar de Nova Ubiratã resultou na prisão de um foragido da Justiça.

Josias Ramos de Araújo (Ziza), foi preso na residência da filha, localizada na rua São Paulo, centro do município.

O homem estava com mandado de prisão aberto, desde março, por ameaça e agressão. Os crimes teriam sido praticados contra a ex-companheira dele.

No início deste ano Josias chegou a ser preso, porém fugiu após serrar a grade de uma das celas da Delegacia de Polícia Judiciária Civil do município. Desde ele era procurado pela polícia.

“Eu havia assegurado que a prisão dele [Ziza] era apenas uma questão de tempo. Ele foi infeliz ao danificar as instalações da delegacia que, aliás, é um local sagrado para nossa instituição”, frisou o delegado Nilson Farias.

Em entrevista a imprensa, Josias negou as acusações feitas por sua ex-companheira.

“Minha prisão foi motivada por quebra de medida protetiva, sendo que foi ela quem me procurou. Eu tenho provas disso, eu sou a vitima dessa história. Essa denúncia não tem qualquer fundamento”, justificou.

“Ziza” ainda revelou como conseguiu escapar da cela onde estava preso.

“Entrou uma serra na minha marmita. Eu esperei anoitecer para serrar a grade e fugir. Fiz isso para resguardar minha família. Não fugi para cometer qualquer tipo de crime, ao contrário eu fugi para trabalhar e honrar meus compromissos”, frisa.

A suspeita é de que o objeto tenha sido levado pela filha do suspeito, cuja identidade não foi revelada.

"Essa confissão reforça nossa linha de investigação. Agora vamos trabalhar para comprovar essa versão e pedir a punição dos demais envolvidos", adiantou o delegado.

Para evitar uma nova tentativa de fuga, o suspeito foi transferido para o Centro de Ressocialização de Sorriso.