Sorriso FM 99,1

11/07/2018 06:35
Lida 556 vezes.

ASSESSORIA SINDSPEN - MT


Os Servidores do sistema penitenciário de Mato Grosso em assembleia da categoria, decidiram por realizar um protesto de 48 horas e manter-se em estado de assembleia permanente. O protesto vai acontecer nessa quarta-feira dia 11 e nesta quinta-feira dia 12 de julho e só funcionarão as atividades consideradas essenciais.

A decisão veio pela morosidade que o governo do estado tem tratado as reivindicações da classe, principalmente na questão do chamamento dos aprovados no último concurso, os servidores querem celeridade nos procedimentos referente ao TAC.

O Presidente Interino do Sindspen/MT, Amaury Paixão deu inicio no evento explanando o que foi abordado na reunião que aconteceu entre representantes da Sejudh, PGE e MPE no dia (28.06), onde ficou estabelecido que fosse feito a construção de um TAC, mas sem um prazo para ser concluído. “Nós precisamos trabalhar com prazos, visto que as unidades penais do estado estão sem efetivo e os servidores trabalhando cansados, estressados e necessitando com extrema urgência de novos profissionais para incorporar e somar na realização dos trabalhos” salientou Amaury Paixão.

A atualização do adicional de insalubridade é algo que também precisa ser resolvido, já que o estado não apresenta a conclusão dos cálculos, algo que já era para estar sendo pago aos servidores, conforme promessa do governador Pedro Taques na reunião que aconteceu em dezembro de 2017, mas até agora não saiu do papel.

“O sindicato está apoiando a categoria nessa decisão, mas precisamos que os servidores se mobilizem, para que esse protesto tenha eficácia e alcancemos nossos objetivos” enfatizou o Presidente Amaury.

Veja também


Enquete
Como você avalia o atendimento às ocorrências de reclamações de "Som Alto" em Sorriso?
  • Parcial