08/07/2018 12:17

Quantidade de visualizações: 400

Fernando Luiz com assessoria

O prefeito de Sorriso, Ari Lafin, cumpriu extensa agenda em Cuiabá. Entre as pautas, participou de audiências com representantes do Governo do Estado, ocasião em que cobrou o repasse de R$ 1 milhão para o Aeroporto Regional de Sorriso Adolino Bedin e a autorização para a conclusão da iluminação do perímetro urbano da BR 163. “Precisamos do repasse financeiro de R$ 1 milhão para investir nas obras de melhorias do Aeroporto de Sorriso. Iremos usá-lo no custeio das ações corretivas para que consigamos a certificação definitiva dos voos comerciais no próximo ano”, explica o prefeito. Ainda em Cuiabá, Lafin assinou o termo de recebimento de um novo veículo para o Conselho Tutelar de Sorriso. Acompanhado da secretária de Assistência Social, Jucélia Ferro, e do presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Renato Negrão, o prefeito recebeu as chaves do veículo, doado pelo Governo do Estado, e que será usado para dar suporte aos trabalhos do Conselho.

Iluminação urbana da BR 163 pode estar próxima de ser realidade

A infraestrutura também foi pauta de reuniões na capital. Na Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), Lafin esteve em audiência com o secretário de Estado, Marcelo Duarte, o secretário chefe da Casa Civil, Ciro Rodolpho, e presidente da Associação Pró Asfalto Sorriso e Ipiranga (Apasi), Nodimar Correa, debatendo as obras na MT 242, que liga Sorriso a Ipiranga do Norte.

“Com trabalho e parcerias, estamos melhorando os modais logísticos do nosso município”, comemora o prefeito, que ainda esteve no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), buscando parceria com o Governo para a conclusão das obras de iluminação do perímetro urbano da BR 163.

Ari foi recebido pelo Superintendente Regional do DNIT, Orlando Fanaia Machado, e o coordenador de engenharia do Departamento, Laércio Coelho Pina. Na oportunidade, o prefeito explicou os motivos do cancelamento do contrato com a empresa responsável pela obra e a necessidade da autorização do órgão competente para que a Prefeitura conclua a iluminação com mão-de-obra e recursos próprios.Participaram da audiência no DNIT os secretários municipais Felipe Mesquita, de Segurança Pública, Trânsito e Defesa Civil, e Estevam Calvo, de Administração, além do suplente de Deputado Federal, Xuxu Dal Molin, do Deputado Estadual, Silvano do Amaral, e do vereador de Sorriso, Dirceu Zanatta.