Sorriso FM 99,1

05/07/2018 09:01
Lida 404 vezes.

Fernando Luiz/ Esporte

A equipe da Associação Sorriso de Futsal, viaja nesta tarde (quinta feira) para Cuiabá, onde na noite desta sexta feira entra em quadra para enfrentar a equipe de Colider, pela semifinal do Campeonato Estadual deFutsal, categoria adulto masculino.

A equipe comandada pelo professor Manoel, terminou a quarta fase (quartas de final) com a primeira colocação do griupo depois de vencer Alta Floresta ( 5x2) Alto Paraguai (5x0) e empatar o jogo que não chegou ao final contra Cáceres em 3x3.

Depois do gol de empate da equipe de Sorriso, na metade da segunda etapa da partida contra Cáceres, a sequencia das informações foram as mais diferentes. Na comemoração do gol de empate de Sorriso, uma caixa de isopor com copos plásticos de água (no banco de reservas da equipe cacerense), acabou sendo empurrada para dentro da quadra, derramando água e isto foi o suficiente para que o técnico da equipe fronteiriça simulasse ter sido agredido, abandonou a quadra e foi “fumar” na parte externa do Ginásio Fermino Maleski. Após, se dirigiu à Delegacia de Policia onde registrou um boletim de agressão.

A direção da Associação Sorriso de Futsal, contava com cinco seguranças particulares- contratados - e imediatamente cerca de dez policiais militares estavam presentes no local. Houve recusa por parte da equipe de Cáceres em dar sequencia ao jogo, mesmo que com toda a segurança e o ambiente ter voltado à normalidade.

“Surpreende que tenhamos tido esta decisão da equipe visitante e da arbitragem em não dar sequencia ao jogo, ter encerrado a partida faltando toda a metade da segunda etapa para jogar e o time adversário ter abandonado a quadra e nós (ASF) ter perdido pontos, o que nos dá a segunda colocação e com isto perdemos a condição de jogar por empate na semifinal”, comentou o secretário de Esportes de Sorriso, Junior Brandão.

O retorno à normalidade foi tanta que a rodada do domingo pela manhã transcorreu normalmente, apenas com os seguranças contratados presentes no ginásio, sem que houvesse extra quadra um incidente sequer.

A delegação sorrisenseviaja com esta“ingrediente” a mais a bagagem. “Vamos jogar para ganhar e esta não é a primeira vez que a equipe de Sorriso, sofre com atitudes que prejudicam nosso time, já tivemos jogador expulso de quadra em jogo de final, sem nenhuma justificativa e o negócio é mostrar em quadra que se foi o tempo da “malandragem” ganhar jogo”, comentou um diretor da equipe sorrisense.

A equipe deverá fazer reconhecimento de quadra, ainda nesta sexta feira, pela manhã e tarde e exercícios leves no sábado pela manhã. Na outra partida da semifinal, jogam Cáceres e Campo Verde. Os dois ganhadores decidem o titulo neste sábado a noite.

Veja também


Enquete
Que nota você dá para a Administração Municipal de Sorriso em 2018?
  • Parcial