02/07/2018 17:05

Quantidade de visualizações: 404

Fernando Luiz/ Esporte

“Não tem adversário fácil, as equipes se preparam de forma a chegar às finais formando verdadeiras seleções e a cada etapa que passa, as dificuldades são cada vez maiores, mas novamente conseguimos atingir nosso objetivo e mais que isto aprimorar nosso esquema tanto ofensivo como defensivo e isto somente é possível com muito trabalho, muita dedicação e uma resposta positiva para a nossa torcida e à nossa diretoria que não tem medido esforços para que tenhamos as melhores condições de desenvolver nossas atividades, tanto dentro quanto fora da quadra”, comentou o técnico Manoel, da equipe da Associação Sorriso de Futsal, que terminou a etapa disputada neste final de semana na primeira colocação da chave que trouxe para o Ginásio Firmino Maleski, as equipes de Alto Paraguai, Alta Floresta e Cáceres.

O time sorrisense, goleou na abertura Alto Paraguai (5x0), empatou com Cáceres (3x3) e fechou a rodada vencendo alta Floresta (5x2), chegando a soma de sete pontos ganhos, marcando catorze e sofrendo cinco gols. A segunda colocação ficou com Cáceres que somou igualmente sete pontos, marcou onze sofreu nove, ficando com saldo dois, contra saldo oito de Sorriso.

As duas equipes estão classificadas para as semifinais e no cruzamento da próxima etapa, deverão ter adversários diferentes e somente cruzarão novamente no caso de uma final.

Uma rodada para enriquecer fatos curiosos

Jogo que terminou na metade da segunda etapa. A segunda partida da rodada da etapa disputada em Sorriso, neste final de semana teve de tudo e um pouco mais. “Achei que já tinha visto tudo”, comentou um torcedor atrás da reportagem da RADIO SORRISO FM, quando na comemoração do gol de empate de Sorriso (3x3) contra Cáceres, torcedores acabaram jogando a caixa d’água do time adversário na margem da quadra. Espalharam copinhos e molhou a quadra, além de que o técnico da equipe cacerense simulou ter sido agredido. Foi o suficiente para que titulares e reservas, deixassem o reservado e ocupassem o meio da quadra.

O time de Cáceres alegou que, mesmo com a presença de seis seguranças particulares, reforçados por mais de dez policiais militares, presentes no Ginásio Fermino Maleski, não havia segurança para dar continuidade à partida. “Eles sabiam que não iriam suportar a pressão do nosso time, pois vínhamos numa crescente na partida e a saída, para não perderem o jogo, foi abandonar a quadra”, comentou o auxiliar técnico, professor Geison Coelho. O caso deverá ter uma resposta da Federação. A arbitragem encerrou a partida, faltando nove minutos e vinte e três segundos. Mesmo assim a rodada de domingo de domingo pela manhã, transcorreu normalmente.

Empate que acontece faltando um segundo para terminar o jogo – O jogo entre as equipes de Alta Floresta e Alto Paraguai, foi disputada a cada centímetro da quadra (20x40), disputa acirrada por lateral, faltas simuladas a todo o momento e literalmente até o último segundo. Com o placar sempre alternando a vantagem de um e de outro, o jogo se encaminhava para o final, com a vantagem de Alto Paraguai (4x3) e o time de Alta Floresta com posse de bola. Apito na boca do mesário e no cronometro, apenas um segundo para zerar o tempo e a equipe do extremo norte empatou o jogo. “Gosto de vitória”, comentou um dos atletas de Alta Floresta, em meio da alegria de comemorações. No final, o empate não foi bom para nenhuma das duas equipes, que vinham de derrota na rodada inaugural.

Jogador do banco de reserva invade quadra para evitar gol - O fato no campo não é inédito, mas no futsal e no Mato Grosso é a primeira vez que se tem notícia. O placar apontava 4x4 e faltava um minuto para terminar a partida entre as equipes de Cáceres e Alto Paraguai. Um rápida saída da equipe de Cáceres, gol aberto, sem goleiro e o pivô cacerense, já preparava o chute do gol que poderia dar a vitória para o seu time. Não imaginava que no meio do caminho, surgiria um jogador de Alto Paraguai, saído do banco para dar um chutão e evitar o gol. A confusão foi geral e n cobrança da falta, bola para fora. O placar seguia 4x4, quando nova investida do time da fronteira, também sem goleiro do time adversário e nova invasão da quadra, de atleta que correu do banco de reservas para interceptar a trajetória da bola. Faltavam três milésimos de segundos e o juiz deu pênalti, que foi convertido e o placar finalmente apontou a vitória de Cáceres por 5x4.

Estadual de Futsal: Associação Sorriso está classificada para as semifinaisEstadual de Futsal: Associação Sorriso está classificada para as semifinaisEstadual de Futsal: Associação Sorriso está classificada para as semifinaisEstadual de Futsal: Associação Sorriso está classificada para as semifinaisEstadual de Futsal: Associação Sorriso está classificada para as semifinaisEstadual de Futsal: Associação Sorriso está classificada para as semifinaisEstadual de Futsal: Associação Sorriso está classificada para as semifinaisEstadual de Futsal: Associação Sorriso está classificada para as semifinaisEstadual de Futsal: Associação Sorriso está classificada para as semifinaisEstadual de Futsal: Associação Sorriso está classificada para as semifinaisEstadual de Futsal: Associação Sorriso está classificada para as semifinaisEstadual de Futsal: Associação Sorriso está classificada para as semifinaisEstadual de Futsal: Associação Sorriso está classificada para as semifinaisEstadual de Futsal: Associação Sorriso está classificada para as semifinaisEstadual de Futsal: Associação Sorriso está classificada para as semifinaisEstadual de Futsal: Associação Sorriso está classificada para as semifinaisEstadual de Futsal: Associação Sorriso está classificada para as semifinaisEstadual de Futsal: Associação Sorriso está classificada para as semifinaisEstadual de Futsal: Associação Sorriso está classificada para as semifinaisEstadual de Futsal: Associação Sorriso está classificada para as semifinais