11/06/2018 06:09

Quantidade de visualizações: 280

Assessoria

O Conselho Estadual de Pesca (Cepesca) estabeleceu o período de defeso da Piracema nos rios das Bacias Hidrográficas do Paraguai, Amazonas e Araguaia-Tocantins, em Mato Grosso, entre os dias 1º de outubro de 2018 e 31 de janeiro de 2019. A decisão de manter a data foi tomada com base nos estudos oferecidos pelo Monitoramento Reprodutivo dos Peixes de Interesse Pesqueiro no Estado de Mato Grosso. A resolução foi divulgada no Diário Oficial do dia 6 de junho.

A 1ª reunião extraordinária do Cepesca ocorreu no dia 10 de maio, baseada na recomendação do Ministério Público Estadual para análise do período de defeso. Os dados foram apresentados pela coordenadora técnica do projeto, a doutora em Ciências Biológicas e professora da UFMT, Lúcia Aparecida de Fatima Mateus. No fim da reunião, respeitando o contraditório e o debate na plenária, o Conselho decidiu, por unanimidade, manter o período de defeso.

“Entendemos que o período de defeso que está sendo deliberado nos últimos dois anos está coerente com os estudos técnicos e científicos. O período de defeso é importantíssimo para que possamos dar continuidade na preservação, não só da nossa fauna, mas também dos recursos naturais e hídricos”, destacou, na ocasião, o secretário de Estado de Meio Ambiente, André Baby, que presidiu a reunião extraordinária.