08/06/2018 10:55

Quantidade de visualizações: 266

Assessoria

Na próxima semana, o Centro de Eventos Ari José Riedi, em Sorriso, será palco da Etapa Teles Pires do Festival Estudantil Temático Teatro para o Trânsito (Fetran). O festival é um projeto nacional de educação para o trânsito da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que utiliza as artes cênicas como meio de sensibilização de crianças, adolescentes e jovens.

A cerimônia de abertura será na terça-feira (12), às 8 horas, e em seguida, começam as apresentações com a peça “CNH? MENOR? ALCOOL?”, da Escola Gente Esperança, de Sinop. Ainda no dia 12, haverá dois espetáculos infantis: às 9h15, “Rafaela no reino de Elischalândia”, da Escola Municipal Francisco Donizeti de Lima, e às 14 horas, a peça “Cadê meu direito?”, da Escola Municipal Boa Esperança, ambas voltadas para o público infantil.

O Fetran se estenderá até o dia 15 e contará com 11 espetáculos voltados aos públicos infantil e infantojuvenil. A premiação será na sexta-feira, a partir das 8h30. Além de Sorriso, participam da etapa Teles Pires do festival os municípios de Colniza e Sinop.

Esta é a 15.ª edição do Festival, que é promovido pela 2.ª Superintendência Regional da Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso (PRF/MT), em parceria com a Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso (Seduc/MT) e com o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran/MT).

Em Sorriso, a organização da etapa Teles Pires está a cargo da Administração Municipal, por meio da parceria entre as secretarias de Educação e Cultura; e de Segurança, Trânsito e Defesa Civil. Além de Sorriso, também haverá etapas regionais em Primavera do Leste (Araguaia), Querência (Xingu), Jaciara (Aricá Mirim), Pontes e Lacerda (Guaporé), e Várzea Grande (Cuiabá).

A grande final, quando se reúnem os melhores espetáculos de cada região, será em Cuiabá, de 10 a 14 de setembro. O Fetran é dividido em quatro categorias: Infantil (alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental, com idade entre 5 e 11 anos); Infantojuvenil (alunos do Ensino Fundamental, com idade entre 11 e 16 anos); Juvenil (Ensino Médio e tecnológico/ profissionalizante, incluindo Educação de Jovens e Adultos (EJA), independente da idade); e Educação Especial (para escolas e institutos de alunos portadores de necessidades especiais).