Sorriso FM 99,1

07/03/2018 09:29
Lida 449 vezes.

Assessoria

Cerca de 100 profissionais das redes municipal, estadual e privada, participaram do evento que apresentou a estrutura e competências propostas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC). O evento integrou o Dia D, promovido pelo Ministério da Educação (MEC), em todo o país e discutiu com gestores municipais e educadores o texto da Base, homologado em 20 de dezembro de 2017 e que trata dos conhecimentos, competências e habilidades propostos aos alunos.

De acordo com o MEC, a intenção é definir um padrão curricular para elevar a qualidade da educação básica no país. Conforme a secretária de Educação e Cultura do município, Lúcia Drechsler, as discussões referentes ao ensino básico terão continuidade durante todo o ano. “Estamos na terceira versão da Base. E esse trabalho terá continuidade durante todo o ano de 2018 para ser aplicado em 2019”, destaca. Lúcia pontua a importância do estudo do texto, “tendo como ponto de partida o cidadão que queremos formar”.

Amanhã (08), a equipe técnica da SEMEC de Sorriso participará da continuidade das discussões em Sinop. O encontro contará com a presença dos 15 municípios que compõem o polo local do Centro de Formação de Professores (Cefapro). Em todo o Estado, são 15 polos do Cefapro.

Entre as mudanças previstas pela Base Comum, está o ensino centrado no desenvolvimento integral, na aprendizagem ativa, no campo de experiências e na progressão da aprendizagem. Nesse último aspecto, segundo a equipe técnica do MEC, a intenção é deixar mais claro o que se espera que o aluno aprenda em cada ano e favoreça o desenvolvimento de habilidades mais complexas.

Veja também


Enquete
Como Você avalia as decisões tomadas pelo presidente eleito Jair Bolsonaro?
  • Parcial