14/02/2018 15:54

Quantidade de visualizações: 328

​Eleições 2018

Tâmara Figueiredo

O empresário, agricultor e ex-prefeito de Sorriso, Dilceu Rossato está sendo assediado para colocar seu nome a disposição como pré-candidato ao Governo do Estado de Mato Grosso nas eleições de 2018.

A notícia de que Rossato teria recebido o convite para se filiar ao Partido Social Liberal (PSL), que tem como líder o pré-candidato a presidente da República Jair Bolsonaro, foi ventilada nos principais sites da capital mato-grossense e o mesmo confirmou à redação da Rádio Sorriso que realmente recebeu o convite, porém o mesmo não confirmou que tenha aceitado, pelo menos por enquanto.

O partido, bem como o grupo de apoiadores demonstram terem a intenção de que o ex-prefeito Dilceu Rossato seja pré-candidato a governador do estado, enfrentando principalmente o atual governador Pedro Taques, que deverá disputar a reeleição.

Rossato afirmou à Rádio Sorriso que nos próximos dias deverá se reunir em Brasília com lideranças do partido e também conversar com o presidenciável Jair Bolsonaro para depois decidir se aceita ou não o convite.

De acordo com o site Olhar Direto, a informação foi confirmada pelo presidente da sigla no estado, vereador Wilson Kero Kero.

Segundo o vereador, o convite a Rossato foi feito em reunião com as lideranças do partido na tarde desta segunda-feira (12) na cidade de Sorriso e o ex-prefeito confirmou que irá se filiar ao PSL e que a partir de agora começa a analisar a possibilidade de disputar o governo.

“O convite foi feito e o prefeito Rossato aceitou. É um momento de extrema importância para o partido porque começamos a definir a participação do PSL na disputa ao Governo com uma pessoa que irá defender exatamente aquilo que o partido pensa: enxugamento da máquina pública, liberalismo econômico, garantia da propriedade privada e a descentralização com incentivo aos municípios”, disse o presidente do partido.