05/02/2018 11:58

Quantidade de visualizações: 541

Assessoria

Hoje (05), a ansiedade pelo primeiro dia de aula, ou por rever os amigos, tomou conta de aproximadamente 14 mil alunos da rede municipal de Sorriso que retornam às aulas. Ao todo, 34 unidades escolares recebem os estudantes, sendo 21 escolas municipais e 13 Centros Municipais de Educação Infantil - Cemeis.

O prefeito Ari Lafin e a secretária de Educação e Cultura Lúcia Korbes Dreschler, conferiram de perto o retorno dos estudantes à sala de aula. Em visita ao Cemeis Antônio Santo Cappellari, a secretária pontuou que o início do ano letivo no município está atendendo às expectativas da pasta. “Até o momento não tivemos nenhum transtorno. Todas as unidades escolares foram muito bem preparadas pelos profissionais para receber com carinho nossos alunos. Desejamos que esse seja um ano escolar enriquecedor para todos”, salientou Lúcia.

A secretária lembra que somente as turmas do Pré I e II, do Cemeis Bela Vista, não retornam hoje. “Como estão sendo realizadas obras de melhorias, as aulas no Cemeis Bela Vista terão início nesta quarta-feira (07)”, explicou.

De acordo com a secretária, o Cemeis Mário Raiter está em processo de finalização. Assim que entrar em atividade, serão 35 unidades escolares. Segundo Lúcia, “vamos mobiliar o Cemeis para poder então dar início às atividades no Residencial. Até o Cemeis Mário Raiter entrar em funcionamento, os estudantes de lá serão atendidos em outras unidades”, destacou.

O calendário escolar 2018 prevê mais de 200 dias letivos, incluindo seis sábados em que os alunos do ensino fundamental terão aula normal. O ano letivo termina em 12 de dezembro.

Matrículas o ano todo

Aos pais ou responsáveis que tenham dúvidas quanto às matrículas na rede municipal, Lúcia destacou que novas matrículas da educação infantil, de 0 a 4 anos de idade, devem ser feitas na Central de Vagas da própria Secretaria.

Já novas matrículas para o ensino fundamental, ou transferências, devem ser realizadas diretamente na unidade escolar mais próxima da área de residência do estudante. Não havendo vagas para o ensino fundamental na unidade em questão, pais ou responsáveis devem procurar a Semec.

A secretária enfatizou que tanto as novas matrículas da educação infantil quanto do ensino fundamental, são realizadas o ano todo.