18/01/2018 16:23

Quantidade de visualizações: 2116

Tâmara Figueiredo



A família de um rapaz com nacionalidade paraguaia, porém nacionalizado brasileiro, busca ajuda para trazê-lo para o Brasil para que possa ter melhores condições de vida e de tratamento de sua saúde.

Anderson Flores Couto, de 37 anos de idade, vivia uma vida normalmente, trabalhava, tinha esposa e filhos. Porém, há 9 meses ele vem passando por necessidades e dificuldades em conseguir tratamentos e atenção para com sua saúde no Paraguai.

Anderson foi atropelado e hoje vive preso a uma cama. Ele mora com a mãe, que é brasileira e com o padrasto que também é brasileiro.

Segundo relatos do tio do rapaz, Ailton Couto e de sua esposa Maria de Oliveira Couto, a intenção da família é trazê-lo para o Brasil para poder proporcionar melhores condições, acesso a tratamentos, remédios, leite especial e fraldas.

A família relata que até chegar em Foz do Iguaçu terá ajuda do Consulado Brasileiro no Paraguai. E precisa de ajuda de autoridades, ou até mesmo da sociedade para trazer a família de Foz do Iguaçu para Sorriso, onde reside a família.

Quem puder ajudar com doações de valores em dinheiro ou com uma ambulância para fazer o transporte do rapaz, pode entrar em contato com a família pelo celular 66 – 9 9974 7950 – Ailton.