Sorriso FM 99,1

18/01/2018 17:13
Lida 7871 vezes.

Fotos - arquivo da família.

Tâmara Figueiredo



A senhora Maria do Carmo Pires, residente no bairro Jardim Vitória, em Nova Ubiratã é tia de uma das vítimas que se envolveu no acidente entre o caminhão cavalinho e uma carreta tanque. Ela contou que Juliana Lucas dos Santos, de 31 anos tinha um relacionamento com o homem, identificado como Zenildo Alves dos Reis, com o qual tinha uma filha.

Ela contou que Zenildo estaria bastante alterado, com sinais de embriaguês, quando encostou o caminhão pegou a filha e a colocou no caminhão. A jovem teria decidido ir junto porque ele iria levar a filha do casal, a pequena Eloá Nicole Alves dos Santos, de 1 ano e 4 meses. Ele teria saído de Feliz Natal e foi até Nova Ubiratã, onde a jovem estava há 17 dias na casa da tia.

Dona Maria relatou ao repórter Hueliton Mendes, da Nova Ubiratã FM, que o casal vivia brigando em Feliz Natal onde moravam e que o homem já havia sido detido anteriormente.

A jovem disse que não queria mais morar com Zenildo, e que iria pegar as coisas dela e vir morar com a tia em Nova Ubiratã e que o mesmo teria que pagar pensão para a filha. Ele não estaria aceitando o fim do relacionamento e disse em uma ligação feita anteriormente que iria tirar a vida da jovem, da filha e a própria vida.

Com informações de Hueliton Mendes - Rádio Nova Ubiratã FM.

Veja também


Enquete
Você já decidiu como irá votar nestas eleições?
  • Parcial