31/12/2017 09:56

Quantidade de visualizações: 791

Gazeta Esportiva

Barenita Admasu conquista bicampeonato da São Silvestre; brasileiro termina em 11°

Depois de um início de prova intenso, o corredor nascido na Etiópia e naturalizado barenita Dawit Admasu teve um tempo de 44m17s chegou na primeira posição, conquistando o bicampeonato da corrida. Com isso, a disputa entre homens continua sem um campeão brasileiro desde a edição de 2010, quando o vencedor foi Marílson Gomes dos Santos.

Depois de não começar entre os primeiros no início da prova, Admasu apresentou excelente resistência e mostrou porque era um dos favoritos para ganhar a prova masculina. O etíope foi o campeão em 2014 e na edição do ano passado terminou na segunda colocação e agora é mais um atleta com duas conquistas na Corrida Internacional de São Silvestre.

Além de Admasu , outro etíope terminou entre os cinco primeiros da prova masculina. Belay Bezabh brigou na reta final pelo principal lugar da corrida e ficou com a segunda posição. Já Paul Kipchumba Lonyangata se esforçou até os metros finais para garantir a quinta posição e fechar o pódio, segundo queniano. Já o melhor brasileiro foi Ederson Vilela, que terminou na 11° posição, com um tempo de 46min59s.

A subida da Avenida Brigadeiro Luis Antônio não foi um problema para o campeão de 2017. A diferença para o segundo colocado Belay Bezabh chegou a diminuiu, porém Admasu permaneceu com o ótimo desempenho e garantiu pela segunda vez o lugar mais alto do pódio da 93ª Corrida Internacional de São Silvestre.