Sorriso FM 99,1

15/12/2017 13:48
Lida 1103 vezes.

Noticias ao minuto

Acusado de fraude, Del Nero não foi aos julgamentos, já que Brasil e Estados Unidos não possuem nenhum tipo de acordo internacional.

"Del Nero (vice durante o mandato de Marin) era o herdeiro natural da presidência da CBF, mas ele não esperava a renúncia de Teixeira. Meu cliente podia até ser o presidente, mas não era ele quem mandava. Tanto que quem foi eleito para o comitê executivo da Fifa foi o senhor Del Nero, quando em geral esse cargo é ocupado pelo presidente da federação. Não podia ser mais claro seu papel marginal em tudo isso", argumentou o advogado de Marin, Charles Stillman, ao júri.

O presidente da CBF, informa o UOL, não comentou a decisão da entidade. Confira abaixo, o comunicado oficial da Fifa sobre o caso: O executivo do futebol Marco Polo Del Nero foi banido de todas as atividades do futebol por 90 dias pelo comitê de ética independente. O presidente da câmara de julgamento do Comitê de Ética proibiu provisoriamente o presidente da federação brasileira (CBF), Marco Polo Del Nero, por um período de 90 dias.

A duração da proibição pode ser prorrogada por um período adicional não superior a 45 dias. Durante este período, o Sr. Polo Del Nero está proibido de todas as atividades de futebol a nível nacional e internacional. A proibição entra em vigor imediatamente.

A decisão foi tomada sob solicitação do presidente da câmara de investigação do Comitê de Ética que procedeu ao processo formal de investigação contra o Sr. Polo Del Nero, nos termos do art. 83, par. 1 e art. 84 par. 2 do Código de Ética da Fifa.

Veja também


Enquete
Em sua opinião, qual o principal desafio dos educadores?
  • Parcial