06/11/2017 07:27

Quantidade de visualizações: 1231

CASO DE FAMÍLIA

Ivan Oliveira




Um homem, 63 anos, comunicou a Polícia Judiciária Civil que teve duas folhas de cheques apropriada indevidamente pelo próprio filho. Ainda segundo informações, o acusado teria adulterado a assinatura do pai ao preencher as folhas de cheque com R$ 3 mil e R$ 2,1 mil. As folhas de cheque foram sustadas.

O caso passa a ser investigado pela PJC.

Mais informações no programa A Voz do Povo, às 10 h.