03/11/2017 16:18

Quantidade de visualizações: 200

Decom


Divulgar as potencialidades da “Capital Nacional do Agronegócio” na China. Esse é o desafio do prefeito Ari Lafin e do secretário de Desenvolvimento Econômico, Cláudio Drusina, que a partir da próxima sexta-feira (03), integrarão a “Missão China”, idealizada pelo Governo do Estado. Com previsão de chegada no país oriental para o dia 05 de novembro, o prefeito Ari Lafin, pontua que até o dia 08, os sorrisenses terão duas oportunidades para apresentar aos chineses o ritmo de produção, a tecnologia empregada e todos os atrativos do município, que é o maior produtor mundial de soja.

“A China é um dos nossos maiores mercadores consumidores. Durante a missão, vamos destacar o fato de o município produzir alimentos em larga escala com alta tecnologia e estar pronto para receber a implantação de indústrias de transformação”, pontuou o prefeito. “Vamos integrar essa missão do Governo do Estado com muito orgulho. E ao passo em que o governador falará sobre Mato Grosso, nós destacaremos Sorriso e demonstraremos que estamos aptos a receber investimentos na área da industrialização”, acrescentou Lafin.

Para o agricultor e presidente do Sicredi, Laércio Lenz, o município já é referência mundial em termos da profissionalização do produtor rural. “O que o prefeito vai buscar na China é a industrialização, pois somos o primeiro município em produção. Acredito que um estado, país ou município, só se desenvolve a partir da transformação da sua matéria-prima, para mim, é isso que agrega valor ao produto”, ressaltou.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Cláudio Drusina, destacou que a mesma apresentação realizada na manhã de hoje (1º), para a sociedade sorrisense, será feita na volta. “Hoje convidamos os sorrisenses para detalhar os objetivos dessa importante missão de negócios. Assim que voltarmos, vamos convidar novamente para mostrar quais foram os avanços e os frutos desse encontro”, frisou.

Entre as informações que serão levadas para a China, estão os números responsáveis pelo título de “Capital Nacional do Agronegócio”, concedido pelo Governo Federal em 2012. Anualmente, são cultivados 633 mil hectares de soja, cerca de 500 mil hectares de milho, 48,5 mil hectares de feijão e mais de 10 milhões de quilos de peixe em tanques de água doce.

Sorriso é a quarta economia do Estado, a sétima cidade em população com cerca de 100 mil habitantes e apresenta um PIB (Produto Interno Bruto) per capita de R$ 41.343,24. Em termos de logística, conta com o Aeroporto Regional Adolino Bedin, em operação 24 horas e fica às margens da BR-163, principal corredor de ligação Cuiabá/Santarém(PA), que forma um eixo rodoviário com a BR-242, cortando o Estado de Mato Grosso e ligando-o aos Estados de Goiás e Rondônia. A delegação deixará a China no dia 09, com previsão de chegada a Sorriso para o dia 11 de novembro.