06/10/2017 16:35

Quantidade de visualizações: 343

Decom



Três trabalhos de alunos da rede pública municipal foram premiados pela Clube Amigos da Terra (CAT), de Sorriso. O concurso, desenvolvido em parceria com a secretaria municipal de Educação e Cultura (SEMEC), abordou o “Lixo no capricho: recicle com responsabilidade”. O tema contou com a participação dos professores de ciências e artes de nove escolas municipais, beneficiando 1.335 alunos do 2º ao 5º ano.

A Comissão Julgadora Escolar, composta por representantes da direção, professores e Associação de Pais e Mestres (APM) avaliou os melhores trabalhos e um foi escolhido por escola e enviado ao CAT. A premiação foi entregue na sede do CAT e contou com a presença do vice-prefeito de Sorriso, Gerson Bicego, e da secretária de Educação e Cultura, Lúcia Korbes Drechsler.

A Administração Municipal tem se empenhado nas questões ligadas ao paisagismo e preservação ambiental. O vice-prefeito lembra da mudança positiva de mentalidade ambiental em Sorriso, afirmando que o passivo ambiental do município é grande. “Precisamos avançar muito quando o assunto é preservação ambiental, mas esta Administração tem trabalhado bastante para transformar Sorriso numa cidade modelo de paisagismo”, disse.

Já a secretária de Educação lembrou que todo investimento e parceria que a SEMEC faz em educação ambiental, a exemplo da parceria com o CAT, é uma semeadura que será colhida pelas futuras gerações. “Nossas crianças estão sendo educadas em sala de aula e em atividades práticas para adquirir consciência sobre a sua responsabilidade quanto às questões ambientais. Nestes trabalhos podemos perceber que o que era lixo se transformou em objetos úteis que servem para ensinar e aprender. Cada objeto tem sua importância e mostra a preocupação dos jovens alunos sobre o que pensam em fazer com os materiais que hoje descartamos como lixo”, ressaltou.

A comissão julgadora levou em consideração a originalidade, a criatividade, o uso de materiais reciclados e a funcionalidade dos projetos expostos. Nove escolas municipais participaram do concurso: Caravágio, Aureliano Pereira da Silva, Boa Esperança, Francisco Donizeti de Lima, Gente Sabida, Leôncio Pinheiro da Silva, Papa João Paulo II, São Domingos, Professora Matilde L. Z. Gomes.

Os alunos das três turmas vencedoras foram premiados com uma ida ao cinema. Já os professores e coordenadores responsáveis pelas turmas receberão certificado de participação com carga horária de 120 horas. Os trabalhos finalistas ficarão expostos no saguão da Prefeitura Municipal.

PREMIAÇÃO:

1º lugar: Escola Municipal Francisco Donizeti de Lima (bairro Nova Aliança II), com o projeto “A girafa porta livros” e “Contação de histórias e aulas integradas”, feito pelos alunos do 1º ano Ryan Pereira da Silva e Iasmin Caroline Correia Luft, auxiliados pela Professora Lourdes Bernardete Possatto. O objetivo é servir de porta livros, incentivando as crianças a viajarem pelas páginas dos livros de histórias.

2º lugar: Escola Municipal Professora Matilde Zanatta Gomes (Assentamento Jonas Pinheiro) com o projeto “Música e reciclagem”, da professora do 2º ano Heliam Vieira dos Santos, com o objetivo de aguçar o senso rítmico e sensibilizar os alunos a reciclar e consumo consciente.

3º lugar: Escola Municipal Gente Sabida (Bairro Jardim Carolina), com o projeto “Reciclando hábitos” dos alunos Felipe Eduardo Alves da Silva e Kayo Rodrigues de Souza, do 5º ano B, aproveitando antigas telas de computador que caíram em desuso, com o objetivo de reutilizar sucatas tecnológicas.

​Alunos da rede municipal são premiados por trabalhos voltados ao reaproveitamento do lixo