02/07/2017 11:51

Quantidade de visualizações: 392

Fernando Luiz - Depto Jornalismo

O time de Sorriso – Associação Sorriso de Futsal – foi simplesmente eficiente na busca do que restava para sobrevivência na Copa do Brasil da modalidade.

Precisava vencer a equipe do Álvares Cabral de Vitoria do Espírito Santo, no tempo normal e depois ainda buscar resultado positivo na prorrogação ou nas penalidades máximas, isto porque perdeu o jogo na casa do adversário quando vencia por 4x1.

Em Sorriso no jogo de volta, no tempo normal a equipe comandada pelo técnico Reck esbanjou posicionamento técnico e tático e principalmente aproveitamento nas finalizações mesmo que contasse com as excelentes defesas do goleiro Marcelão da equipe capixaba, num ginásio de esportes com capacidade limitada a apenas 400 ingressos, mas que serviu como um verdadeiro caldeirão, com a torcida crescendo a cada lance de ataque da equipe sorrisense.

Mesmo assim de quando em vez a equipe adversária exigia as defesas do goleiro Xarope, tanto que foi a equipe visitante que abriu o placar, colocando um verdadeiro balde de água fria na equipe da Capital Nacional do Agronegócio.

Goleada no tempo regulamentar mostrou equipe consciente

Depois de sofrer o gol e se estava bom para a equipe de Vitoria com o empate imagina com o placar favorável, aos poucos a equipe de Sorriso foi se recompondo.

Um pênalti convertido por Luan e a virada com Wesley, encerrava a primeira etapa e ficava a expectativa da volta e o comportamento da equipe adversária que teria que sair para buscar o empate.

O time de Sorriso foi quem tomou a iniciativa e voltou a marcar com Hernandes, Careca e Renatinho, fechando o tempo regulamentar com ampla vantagem no placar por 5x1.

“Vamos fechar este período com este placar e começar outro jogo”, conversou com a sua equipe o técnico Erick do Álvares, quando faltava menos de um minuto para o final do tempo normal.

Na prorrogação, a festa da torcida e a conquista da vaga

Não dava para imaginar que seria diferente. Com o apoio da torcida e com a vontade do time dentro da quadra que a equipe sorrisense deixaria escapar a vaga para as semifinais da COPA DO BRASIL DE FUTSAL.

Mesmo assim, foram momentos tensos a cada ataque do time adversário, que criou algumas oportunidades a frente da meta de Sorriso. Foi na segunda etapa da prorrogação, que Wesley abriu o placar e depois faltando menos que dois segundos Luan tocou com o gol adversário vazio para fazer o segundo gol e o final do jogo valendo a festa da conquista da vaga para as semifinais de uma das mais importantes competições nacionais.

No apito final a arbitragem de Marcio Ferreira e Georgio Miranda foi cercada pela equipe do Espírito Santo na reclamação de um toque de mão dentro da área sorrisense - Thiago - o que poderia resultar em uma penalidade, quando o time sorrisense vencia a prorrogação - 1x0 - faltando menos de um minuto. Foi necessária a intervenção da segurança. Aos poucos os ânimos foram se acalmando com a equipe adversária se dirigindo para o vestiário.

“O comportamento do time foi excelente, a torcida foi de suma importância, enfim conseguimos passar os obstáculos que tínhamos pela frente e agora vamos aguardar nosso próximo adversário e dar sequencia a este trabalho, este jogo é inédito e com este resultado mostramos que queremos um futsal forte, resgatando os bons tempos da modalidade aqui em Sorriso”, concluiu o presidente Francisco Filho - Chiquinho – da equipe de Sorriso.

Sorriso: ASF despacha Álvares Cabral - ES - nas quartas da Copa do BrasilSorriso: ASF despacha Álvares Cabral - ES - nas quartas da Copa do BrasilSorriso: ASF despacha Álvares Cabral - ES - nas quartas da Copa do BrasilSorriso: ASF despacha Álvares Cabral - ES - nas quartas da Copa do BrasilSorriso: ASF despacha Álvares Cabral - ES - nas quartas da Copa do BrasilSorriso: ASF despacha Álvares Cabral - ES - nas quartas da Copa do BrasilSorriso: ASF despacha Álvares Cabral - ES - nas quartas da Copa do BrasilSorriso: ASF despacha Álvares Cabral - ES - nas quartas da Copa do BrasilSorriso: ASF despacha Álvares Cabral - ES - nas quartas da Copa do BrasilSorriso: ASF despacha Álvares Cabral - ES - nas quartas da Copa do BrasilSorriso: ASF despacha Álvares Cabral - ES - nas quartas da Copa do BrasilSorriso: ASF despacha Álvares Cabral - ES - nas quartas da Copa do BrasilSorriso: ASF despacha Álvares Cabral - ES - nas quartas da Copa do BrasilSorriso: ASF despacha Álvares Cabral - ES - nas quartas da Copa do BrasilSorriso: ASF despacha Álvares Cabral - ES - nas quartas da Copa do BrasilSorriso: ASF despacha Álvares Cabral - ES - nas quartas da Copa do BrasilSorriso: ASF despacha Álvares Cabral - ES - nas quartas da Copa do BrasilSorriso: ASF despacha Álvares Cabral - ES - nas quartas da Copa do BrasilSorriso: ASF despacha Álvares Cabral - ES - nas quartas da Copa do BrasilSorriso: ASF despacha Álvares Cabral - ES - nas quartas da Copa do Brasil