09/05/2017 15:34

Quantidade de visualizações: 1410

Mídia News


O prefeito Alexandre Russi, de São Pedro da Cipa, município de Mato Grosso, venceu o Turbo Knockout, torneio tradicional de poker no Brasil, realizado no Recife. Ele levou R$ 8.640 pela vitória, fora os bounties coletados.

Apesar do bom prêmio conquistado, Alexandre Russi comemorou a verdadeira forra há 15 dias. Ele foi um dos vencedores de um bolão da Mega-Sena, que dividiu R$ 101 milhões entre 20 moradores de Jaciara (R$ 5 milhões para cada), cidade vizinha de São Pedro da Cipa. Depois do sorteio, o prefeito virou notícia em diversos sites.

“Esse mês, para mim, posso dizer que é um momento de muita sorte. Ganhei na Mega-Sena, as coisas vêm acontecendo de uma maneira muito feliz, a sorte está me ajudando bastante. Aqui eu coloquei técnica e dei um pouquinho de sorte também e deu tudo certo. Já tinha ficado em quarto lugar aqui em Recife e hoje joguei o que sei jogar e consegui pegar o primeiro lugar e o troféu”, disse Russi.

Com a agenda cheia de compromissos como qualquer outro prefeito, Alexandre disse que tem dificuldade de ir em todas as etapas do BSOP, mas que joga o esporte da mente há pelo menos uma década.

“Eu jogo há uns 10 anos, às vezes jogo no Paraguai, mas não tenho uma rotina grande de ir aos eventos do BSOP. Não sou profissional, sou amador, mas de vez em quando consigo pegar um resultado pelo que aprendi ao longo do caminho”, disse o prefeito. “É importante que o pessoal saiba que não é só os profissionais que ganham. O poker é um esporte bem aberto e todas as pessoas que quiserem, estudarem e vierem vão conseguir resultados importantes”, completou.

E ele teve que suar a camisa para derrotar grandes profissionais numa mesa final complicada. Marcelo Mesqueu, Caio Hey e Frederico Volpe voltaram a fazer FT em Recife e ameaçaram o título de Alexandre Russi. Só que em uma mão especial ele conseguiu eliminar dois desses jogadores.

Com a estrutura apertada, Fred Volpe foi all in pré-flop com KQ e levou call de Alexandre com A2 de paus e do KJ de Mesqueu no big blind. O flop veio JT7 com duas cartas de paus e ambos deram check. No turn, que completou o flush do prefeito, Mesqueu foi all in com KJ e levou snap call de Alexandre, com a mão já vitoriosa.

Na sequência, muito short, o carioca foi eliminado e Russi teve que derrotar o também recreativo Luiz Hirata no heads-up. Perguntado sobre o que foi mais difícil, entre a loteria e o torneio, o prefeito respondeu sem pestanejar.

“A Mega-Sena é sorte, pura sorte. Eu nem costumo jogar. Recebi a notícia que tinha ganhado, nem acreditei na hora, só quando vi o bilhete com os números. Lá é sorte totalmente, aqui a maior parte é técnica. O torneio tem que ter uma técnica, fazer jogadas, foldar algumas mãos complicadas. É mais difícil”, comparou.

Confira a premiação final:

1º - Alexandre Russi – R$ 8.640

2º - Luiz Hirata – R$ 6.200

3º - Marcelo Mesqueu – R$ 4.030

4º - Fred Volpe – R$ 3.040

5º - Caio Hey – R$ 2.360

6º - Rodrigo Iazzeta – R$ 1.830

7º - José Gaudêncio – R$ 1.450

8º - Jadílson Azevedo – R$ 1.120