18/04/2017 09:19

Quantidade de visualizações: 230

Eduardo Turella com Assessoria

“É preciso que sejam feitas obras para durar, que fiquem bem feitas para a população e que não precisem ser refeitas logo em seguida”. Essa afirmação é do presidente da Associação de Moradores do bairro Rota do Sol, Vilson Roque Mutinelli, que integra o Conselho Municipal de Saneamento Básico (CMSB) de Sorriso.

Assim como Vilson, que representa os presidentes das Associações de Moradores de Bairros de Sorriso na instituição, os demais integrantes do Conselho também discutiram questões ligadas, principalmente, às obras de instalação do sistema de esgotamento sanitário no município na primeira reunião ordinária do Conselho, que teve sua nova composição oficialmente instituída no dia 10 de abril, por meio do Decreto n.º 074.

O primeiro encontro dos representantes do CMSB teve como sede a sala de reuniões do Paço Municipal e já serviu para alinhar questões entre a Administração Municipal, a comunidade e a concessionária Águas de Sorriso, que depende da liberação da Prefeitura para que as obras de instalação do sistema de coleta do esgoto sanitário sejam retomadas. Os trabalhos foram interrompidos no fim do ano passado, visto que a Secretaria Municipal da Cidade solicitou um cronograma de reparos dos defeitos que ficaram nas vias em razão das obras de implantação do sistema. Este documento com a programação dos reparos já foi entregue e está sendo analisado pelos engenheiros da Prefeitura.

“A avaliação desta reunião é muito positiva, pois pudemos definir questões ligadas à liberação de novas frentes de trabalho e traçar diretrizes para estabelecer as prioridades”, destaca o gestor de operações da concessionária, Jefferson de Paula Alves.

O prefeito, Ari Lafin, reforçou que a intenção é sempre promover ações conjuntas que tenham resultados positivos para a população. “De forma democrática, este conselho vai buscar resolver as demandas ligadas ao setor, seja quanto a obras ou atendimento ao público, visto que a distribuição de água e a coleta do esgoto são itens indispensáveis para a saúde de toda a população”, aponta o gestor, afirmando que, entre as demandas passadas à concessionária estão o reparo de defeitos que existem nas vias urbanas causados pela implantação do sistema de esgotamento, a continuidade destas obras, e também a melhoria na estrutura física da agência da Águas de Sorriso, repercutindo diretamente no bom atendimento ao consumidor.

Dada a urgência destas questões, o CMSB volta a se reunir, extraordinariamente, na próxima terça-feira (25).

O conselho é presidido pelo prefeito municipal e é composto pelos seguintes integrantes:

- Representantes do Poder Executivo:

Secretaria Municipal da Cidade:

Marcelo Antônio Oliveira (titular)

Leonardo Zanchetta (suplente)

Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento:

Rafael Leite Bertolazi (titular)

Taynna Vacaro Moura (suplente)

Representante da concessionária Águas de Sorriso:

Jefferson de Paula Alves (titular)

Marcus Coelho Braz (suplente)

Representantes das Associações de Bairros de Sorriso:

Darci Agostinho S. Gonçalves ( titular)

Natal da Silva Rego (suplente)

Sebastião Domingues (titular)

Vilson Roque Mutinelli (suplente)

Representantes de entidades técnicas:

Phelipe Brustolin Philippsen (titular)

Suellem Centenaro (suplente)

Representantes da sociedade civil organizada:

Marcelo Oliveira Campos (titular)

Alexandra Nishimoto Braga Savolti (suplente)

Representantes do Poder Legislativo

Vanderly Rudge Gnoato (titular)

Jannini Cruz Souza Nunes (suplente)