18/04/2017 08:44

Quantidade de visualizações: 779

Eduardo Turella com G1 - MT

O empresário Janvier Ricardo Pinheiro, de 30 anos, de Sorriso, a 420 km de Cuiabá, conquistou o titulo de Miss Mato Grosso Gay 2017, em concurso realizado no sábado (15), em Cuiabá. O jovem transformista interpreta Aya Bittencourt. Ele irá representar Mato Grosso no Miss Brasil Gay que acontece em setembro em São Paulo.

Em segundo lugar ficou Lorena Kempfer, de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, e em terceiro, Yohanna Falcone, de Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá.

Janvier tem 1,70 m de altura e pesa 76 kg e interpreta Aya Bittencourt há cinco anos. Ele afirma estar contente com o título e diz que está começando a se preparar para o Miss Brasil Gay. “Estou me sentindo realizado. Vencer o concurso depois de tanto esforço para chegar até aqui é um sonho”, contou.

Casado há oito meses, Janvier contou que o marido está contente com a vitória e que se sente orgulhoso. “Ele está muito feliz e orgulhoso, sou muito grato pelo apoio que ele me deu nesse concurso”, disse o empresário, que é dono de uma empresa de decoração de eventos.

Ele disse que o maior preconceito que os transformistas enfrentam parte da própria comunidade LGBT.

“O próprio público LGBT não gosta de assumir um outro gay que se transforma em mulher para realizar eventos”, explicou.

Para representar Mato Grosso no Miss Brasil Gay, ele está se dedicando a aprender desfilar e cuidando do corpo. “Faço aulas de passarela, procedimentos estéticos no meu rosto para estar sempre bem”, afirmou.

Janvier recebeu um prêmio em dinheiro, uma sessão de fotos profissional, uma joia em ouro branco e um kit de maquiagem completo, como prêmio.

Segundo o organizador do evento, Malone Halnisch, mais de 800 pessoas prestigiaram o evento no sábado.